F

Acabou de sair

 https://livrosvamosdevoralos.blogspot.com/2018/08/resenha-vidas-na-noite-de-aione-simoes.html  https://livrosvamosdevoralos.blogspot.com/2018/07/filme-livraria-bookshop.html  https://livrosvamosdevoralos.blogspot.com/2018/07/resenha-volte-para-mim-de-paola.html

O que você procura?

04 junho 2018

Resenha | Ainda sou eu, de Jojo Moyes

Título: Ainda sou eu
Autora: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Gênero: Romance
Páginas: 400
Ano: 2018
Skoob

Sinopse: Sequência dos romances Como Eu Era Antes de Você e Depois de Você, que arrebataram o coração de milhares de fãs, Ainda Sou Eu conta, pela perspectiva delicada e bem-humorada de Lou Clark, uma história comovente sobre escolhas, lealdade e esperança. Lou Clark chega em Nova York pronta para recomeçar a vida, confiante de que pode abraçar novas aventuras e manter seu relacionamento a distância. Ela é jogada no mundo dos super-ricos Gopnik - Leonard e a esposa bem mais nova, e um sem-fim de empregados e puxa-sacos. Lou está determinada a extrair o máximo dessa experiência, por isso se lança no trabalho e, antes que perceba, está inserida na alta sociedade nova-iorquina, onde conhece Joshua Ryan, um homem que traz consigo um sopro do passado de Lou. Enquanto tenta manter os dois lados de seu mundo unidos, ela tem que guardar segredos que não são seus e que podem mudar totalmente sua vida. E, quando a situação atinge um ponto crítico, ela precisa se perguntar: Quem é Louisa Clark? E como é possível reconciliar um coração dividido?



Ainda sou eu, de Jojo Moyes é o terceiro livro da trilogia Como eu era antes de você. Sou daquelas que tem receio de continuações quando o livro anterior teve início, meio e fim. E o que mais ouvi desse terceiro livro, especialmente do segundo, foi o fato deles serem desnecessários. Tive que discordar ao ler esse terceiro volume que fechou a história da Lou com chave de ouro (acredito que não terá um quarto livro) risos.  

Se você leu os dois primeiros livros sabe o quanto nossa protagonista ainda se sentia meio perdida e incapaz de superar sua perda. Então aqui vamos acompanhar a Lou em uma nova fase, em seu novo trabalho em Nova York. O livro já inicia praticamente do ponto que parou e Lou está desembarcando nos EUA. Desde o começo fica claro que não será nada fácil sua permanência em um novo país. Ela terá que lidar com os desafios do novo emprego, onde seus patrões - os Gopnik - são super-ricos e vivem uma vida cercada de eventos sociais e uma infinidade de empregados puxa-sacos. Além de se adaptar a realidade de seu trabalho, ela aos poucos vai se adequando à cidade de Nova York. Como se não bastasse tudo isso, ainda precisa manter seu relacionamento a distância com Sam. E em meio a esse turbilhão de coisas novas, ela conhecerá Josh, que a lembrará muito um outro homem que marcou sua vida.

"Naquela noite, sonhei com Will. Raramente eu sonhava com ele - e isso tinha sido uma fonte de tristeza no início, quando eu sentia tanto a falta dele que parecia que alguém tinha aberto um buraco dentro de mim. Os sonhos haviam parado quando conheci Sam. Mas lá estava ele outra vez, de madrugada, tão vívido quanto se estivesse bem na minha frente."

Em uma narrativa em primeira pessoa, Moyes continua nos encantando com sua escrita ora dramática, ora divertida. E, sem dúvida, continua nos encantando com uma de suas melhores protagonistas. Sinto que a autora sempre começa suas histórias sondando o terreno. Tanto que senti que a primeira metade desse livro foi narrada sem grandes acontecimentos, até o momento que as coisas tomam um rumo que nos instiga a avançar rapidamente as páginas. 

Ao longo da história acontece algumas coisas absurdas e em vários momentos me peguei brigando com a Lou por ser tão calma e compreensiva com as pessoas, mas tudo que ela fez só mostra o porque amamos tanto essa personagem. A verdade é que Lou tem muito a nos ensinar. Todos passamos por momentos dolorosos e tentamos muitas vezes descobrir quem realmente somos e o que queremos. É gratificante o quanto essa personagem se reinventa e descobre que pode começar a cuidar um pouco de si mesma. E sabe o que foi mais legal? A presença ainda tão forte de Will nas decisões positivas de Lou.

Outra coisa que amei no livro foi como a autora tentou nos pregar uma peça. Confesso que não gostei do surgimento de um tal personagem e fiquei muito tensa com o rumo dos acontecimentos. Afinal, com certeza um dos pontos altos de toda a história é a vida amorosa de Lou. Mas, gente! Que desfecho! Que rumo maravilhoso que a autora deu a seus personagens! E a troca de cartas perto desse final? Me diverti muito e me encantei na mesma proporção.

Enfim, Ainda sou eu me deixou com um quentinho no coração ao ler a última frase. Ufa! Era esse final mesmo que queria para Lou e que com certeza combinou muito com ela. A sensação que ficou foi a de que todo mundo deveria ler essa história. Mesmo que você não tenha gostado do segundo volume ou tenha parado no primeiro. Esse livro faz tudo até aqui valer a pena. Amei, amei e amei!

Onde comprar: Amazon | Saraiva


Trilogia Como eu era antes de você

Resenhas
Ainda sou eu



Nenhum comentário:

Postar um comentário