F

Acabou de sair

 https://livrosvamosdevoralos.blogspot.com/2018/07/resenha-volte-para-mim-de-paola.html  https://livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br/2018/04/resenha-ligeiramente-perigosos-mary.html  https://livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br/2018/04/o-que-li-em-marco-2018.html

O que você procura?

20 abril 2018

Resenha | Um cheiro de amor, de Maria Christina Lins do Rego Veras

Título: Um cheiro de amor
Autora: Maria Christina Lins do Rego Veras
Editora: José Olympio
Gênero: Contos
Páginas: 112
Ano: 2017
Skoob

(cortesia da editora)

Sinopse: Um cheiro de amor, reúne dezesseis contos, sendo uma mescla de memórias e histórias ficcionais. Divididos em narrativas sob a ótica de personagens masculinos e femininos, os contos abordam temas como juventude, velhice, fé e questões amorosas. Nestas pequenas narrativas, Christina aborda cenas típicas do dia a dia, passadas no Brasil e no exterior, com uma linguagem simples e com uma galeria de cenas típicas, e ainda assim individuais. E nas palavras de Mary del Priore “essa é a pequena mágica deste livro. Ele nos transporta, acalenta e sossega. É um ponto de encontro com situações do cotidiano que, acreditamos avistar. Ele nos aproxima de dramas amorosos, domésticos e familiares que, se de longe parecerem recorrentes, nos convidam a repensá-los.”


Um cheiro de amor é basicamente um livro de contos curtos que me chamou atenção pela simplicidade. São histórias diferentes, mas com um ou outro ponto em comum. Aqui temos situações normais do dia a dia, diversas questões amorosas, sonhos, fé, juventude... Os cenários variam entre Brasil e exterior, mas em sua maioria passam no Rio de Janeiro.

Ao iniciar a leitura, senti que os primeiros contos tinham algo em comum, pois os personagens viviam situações em que demonstravam estar descontentes com a vida - não valorizando o que tinham. Porém, ao avançar as páginas percebi que o livro tem diversas questões além desta. E o que todas elas apresentam em comum é algum drama que todo mundo passa na vida. 


Confesso que não me identifiquei com nenhuma situação, mas reconheci muitas delas com pessoas que conheço. A narrativa varia entre o feminino e o masculino e cada personagem tem espaço para contar sua história. Acredito que a intenção da autora foi nos intrigar com situações reais vividas por todos nós, mostrando o quanto somos falhos e estamos sujeitos a tomar decisões erradas.

O que mais gostei foi a narrativa fluída e simples. O livro é curto e os contos acabam sendo também. É um livro para quem gosta de leituras rápidas, com histórias simples e reais. Não espere um desenvolvimento profundo dos personagens, mas vale a pena para passar o tempo.

Onde comprar: Saraiva





Nenhum comentário:

Postar um comentário