F

Acabou de sair

 https://livrosvamosdevoralos.blogspot.com/2018/07/resenha-volte-para-mim-de-paola.html  https://livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br/2018/04/resenha-ligeiramente-perigosos-mary.html  https://livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br/2018/04/o-que-li-em-marco-2018.html

O que você procura?

05 abril 2018

Resenha | Ligeiramente pecaminosos

Título: Ligeiramente pecaminosos
Autora: Mary Balogh
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de época
Páginas: 272
Ano: 2016
Skoob

Sinopse: Em meio à Batalha de Waterloo, lorde Alleyne Bedwyn é ferido e dado como morto pela família. Ao acordar, ele se vê no quarto de um bordel sem lembrar quem é ou como foi parar ali. Sua única certeza é que deseja conquistar o coração do anjo que cuida dele todo dia. Contudo, assim como ele, Rachel York não é quem parece. Depois de enfrentar uma situação difícil, que a levou a viver numa casa de pecados, agora a bela e inteligente jovem precisa recuperar seu dinheiro e as economias das amigas prostitutas, roubados por um falso clérigo. E o belo soldado de quem vem cuidando parece perfeito para se passar por seu marido e ajudá-la em seus planos. Porém, apesar de ter perdido a memória, Alleyne não perdeu nada de sua sedução. De volta a Londres, os dois se envolvem em um escândalo pecaminoso e, a cada beijo, esquecem que seu relacionamento é apenas uma farsa e ficam mais perto de se entregar à paixão. Neste quinto livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh apresenta um romance repleto de humor, com personagens carismáticos que o leitor não conseguirá abandonar ao fim da história.



Ligeiramente pecaminosos é o quinto livro da série Os Bedwyns, de Mary Balogh. Nesse volume o irmão que vamos acompanhar é Alleyne Bedwyn, que foi ferido na Batalha de Waterloo e é dado como morto. Rachel York é a dama que o encontra desacordado na floresta e o leva para o bordel onde está hospedada pelas suas mais novas amigas. Quando Alleyne acorda se surpreende com o lugar onde se encontra e com o anjo de cabelos dourados que cuida dele todos os dias. Os dias passam e a amizade entre os dois cresce. O problema é que ele não se recorda de quem ele é, ou o que estava fazendo naquela batalha. Antes de buscar sua identidade ele entrará em uma farsa divertida para ajudar Rachel e as mulheres do bordel, afim de resgatar um dinheiro que lhes fora roubado. Fingir ser marido de Rachel talvez não tenha sido uma boa ideia, já que eles não conseguem controlar a atração que sentem um pelo outro.

"Talvez, depois que aprendemos a nos livrar das amarras da riqueza e do poder, isso é o que os Bedwyns são no fundo... uma família devotada à terra, ao que é básico na vida. À satisfação. E ao amor." (p. 255)

Estou maravilhada mais uma vez com a escrita fluída, divertida e sensual de Balogh. É muito difícil não se envolver com as tramas criadas por ela e com seus personagens carismáticos. Além disso, ela continua desenvolvendo as cenas sensuais sempre com delicadeza - uma característica que amo.

O que mais gostei no livro foi como a autora deu um espaço gigantesco para o envolvimento do casal. Óbvio que isso era esperado - o foco nos protagonistas. Mas diferente dos outros livros em que revíamos os casais anteriores, aqui vamos acompanhar o envolvimento de Rachel e Alleyne sem interferência nenhuma da família, especialmente do nosso "ogro" Wulf Bedwyn - isso porque Alleyne foi dado como morto e ninguém sabe que ele está vivo. Com isso, os dois se conhecem a cada dia e se encantam cada vez mais. E toda a espera para a volta ou não da memória do protagonista, nos deixa ansiosos para rever todos os Bedwyns no desfecho. Confesso, foi emocionante!

Além do envolvimento amoroso entre os protagonistas, outra coisa encantadora nas histórias de Balogh, é o amadurecimento de seus personagens ao longo do livro. Sem memória, Alleyne descobre-se um homem menos arrogante e que enfim encontrou uma perspectiva na vida. Raquel, por sua vez, irá rever todos os seus conceitos familiares e reconciliar-se com o passado. Sem contar que os personagens secundários roubam a cena mais uma vez e aumentam a diversão da obra.

Enfim, essa série é maravilhosa! Os Bedwyns conseguem me seduzir com suas personalidades tão diferentes. Ligeiramente pecaminosos é mais um livro previsível sim, mas cheio de paixão, humor, romance e charme. Não perca tempo e leia essa série!

Onde comprar: Amazon 


Série Os Bedwyns


Resenhas
03. Ligeiramente escandalosos;
04. Ligeiramente seduzidos;
05. Ligeiramente pecaminosos;
06. Ligeiramente perigosos.




Desafio Históricos & Eu 2018 (Desafio 7: com menos de 300 páginas ✔)

Nenhum comentário:

Postar um comentário