F

19 setembro 2017

Resenha | A desconhecida

Título: A desconhecida
Autora: Mary Kubica
Editora: Planeta
Gênero: Thriller psicológico
Páginas: 352
Ano: 2017
Skoob

(Cortesia da editora)

Sinopse: Mais um instigante thriller psicológico da mesma autora de A Garota Perfeita, best-seller do The New York Times Todos os dias, a humanitária Heidi pega o trem suspenso de Chicago e se dirige ao trabalho, uma ONG que atende refugiados e pessoas com dificuldades. Em uma dessas viagens diárias ela se compadece de uma adolescente, que vive zanzando pelas estações com um bebê. É fato que as duas vivem nas ruas e estão sofrendo com a fome, a umidade e o frio intenso que castigam Chicago. Num ímpeto, Heidi resolve acolher Willow, a garota, e Ruby, a criança, em sua casa, provocando incômodo em seu marido e sua filha pré-adolescente. Arredia e taciturna, Willow não se abre e parece esconder algo sério ou estar fugindo de alguém. Mas Heidi segue alheia ao perigo de abrigar uma total estranha em casa. Porém Chris, seu marido, e Zoe, sua filha, têm plena convicção de que Willow é um foco de problemas e se mantêm alertas. Em um crescente de tensão, capítulo após capítulo a verdade é revelada e o leitor irá descobrir quem tem razão.


Mary Kubica já havia me conquistado com o thriller psicológico A garota perfeita, também publicado pela Editora Planeta. Em A desconhecida vamos conhecer Heidi, uma mulher que pensa tanto nas necessidades das pessoas, que possui um senso humanitário que ultrapassa o serviço voluntário que realiza em uma ONG para refugiados e pessoas carentes. Casada com Chris e mãe da pré-adolescente Zoe, ela é a única na família que parece se preocupar com o sofrimento do mundo. Eles nunca imaginariam que essa preocupação demasiada de Heidi a levaria a abrigar em sua casa a sem-teto Willow, que vivia com sua bebê Ruby perambulando entre as estações de trem da cidade. Heidi terá que enfrentar uma crise doméstica, pois Chris obviamente não acha seguro abrigar uma completa desconhecida em casa, ainda mais por seu trabalho exigir tantas viagens, o que deixará a esposa e filha sozinhas em casa com a desconhecida e sua bebê. Conforme os dias passam, Heidi terá que brigar também com sua própria consciência, quando começa a desconfiar de Willow. Onde estava o pai da criança? Por que Willow nunca respondia suas perguntas? Quem mais naquela casa, além da desconhecida, estaria escondendo algo?


O que dá para notar nas obras de Kubica, é o quanto ela desenvolve bem o lado psicológico de seus protagonistas. Com capítulos intercalados entre os personagens e uma narrativa fluída, que prende o leitor, é fácil se envolver na trama. Ao revelar um lado obscuro de cada um dos envolvidos, ela nos insere em um universo cheio de desconfianças, sedução, assassinatos, abusos, violência e obsessões.

Aos poucos vamos conhecendo um pouco de cada um dos personagens, até nos darmos conta de que estamos diante de um emaranhado de situações e pessoas que nos levam a entender quem de fato é a desconhecida. E gostei dessa informação não ter sido revelada completa e exclusivamente no final, pois haveriam ainda outras poucas revelações a serem mencionadas perto do desfecho. Dessa forma, a autora mantém um clima super tenso durante a narrativa, com trechos que irão revoltar o leitor ao tratar de um tema extremamente forte e delicado. Fiquei até com um gostinho de quero mais no desfecho, e com uma necessidade de que a leitura continuasse e detalhasse o destino dos personagens. Porém, foi um desfecho cru e real, o que encaixou perfeitamente com todo o conteúdo do livro. 

"Não consigo e olhar para ela, dentro daqueles olhos que me ameaçam. Em vez disso, encaro as paredes brancas..." (p. 235)

A desconhecida é um livro e tanto! O psicológico de determinadas pessoas pode chocar! E o passado pode determinar para sempre a felicidade delas. A autora trabalhou temas muito fortes, que com certeza mexem com o leitor. Adorei a leitura e só posso recomendar para os fãs do gênero. Eu garanto que Mary Kubica é uma autora de qualidade.

Compare: Buscapé  |  Compre: Saraiva










Gostou do livro? Comprando o livro através dos links dessa postagem você contribui com o Livros, vamos devorá-los

10 comentários:

  1. Oi,
    Gostei da dica não conhecia. Parece um livro que prende o leitor e não sei porque fiquei pensando direto como seria uma adaptação para o cinema de uma obra assim, acho que seria interessante também certo? Claro que com os atores certos,porque parece que ela descreve bastante o psicológico dos personagens. Enfim, curti a dica.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Que livro instigante menina, fiquei encantada em cada partezinha da sua resenha, parece ser aquele suspense psicologico que quase mata o leitor de tanta curiosidade e sei que esse seria uma ótima pedida para mim hahahaaha, a capa está linda e adoraria lê-lo.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Heiii, tudo bem?
    Ainda nao tive o prazer de conhecer os livros da Mary Kubica, mas eu to com o livro para ler e mal posso esperar para conhecer esse thriller psicológico!
    A capa ficou mto perfeita e a história tem de tudo que eu gosto.
    Vou ler com certeza.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  4. Oi, Letícia! Eu já tinha lido uma resenha desse livro, mas nada que me chamasse a atenção. Acho que por ter lido críticas não tão boas de A garota do trem. Quem sabe um dia eu acaba dando uma chance a ele.
    bjos!
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Já tinha ouvido falar no livro e até gostei da premissa, mas não é o que procuro no momento. Parabéns pela resenha e espero um dia ter a oportunidade de ler.

    ResponderExcluir
  6. Oie!

    Não sou muito fã de livros assim, mas não posso negar que só tenho lido resenhas muito positivas sobre as obras dessa autora, mas por enquanto irei continuar passando a dica, mas espero em algum momento realizar a leitura e tirar minhas próprias conclusões!

    Bjs, vem participar do nosso sorteio e seja um dos 3 Ganhadores! =D
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2017/08/sorteio-do-desapego-3-ganhadores.html

    ResponderExcluir
  7. Nossa, eu jurava que o nome da autora era outro!! Heheh

    Parabéns pelo texto. Primeiro devo parabenizar a editora por manter um projeto gráfico para os livros da autora que estão sendo publicados. Todos - aparentemente, mantém um design característico. Isso é demais!

    Estou doido pra ler os livros dessa autora, estão sendo muito comentados lá fora (e agora aqui também!)

    Mais uma vez, parabéns pelo texto, fiquei com vontade de ler!

    Um beijo

    ResponderExcluir
  8. Oiii!

    Eu não conhecia essa obra, mas gostei de saber que é um livro bem escrito e envolvente. Não tenho costume de ler obras nesse estilo, mas gosto bastante de ficar presa em um enredo.
    Dica anotada!

    Beijinhos,

    ResponderExcluir
  9. Oi Leticia! Tudo bem?
    ADOREI a proposta do livro! A tua resenha fez o meu interesse ficar bem alto, já que tu menciona que há gente na casa da protagonista que também esconde algo, mas quem e o que? Meu Deus, assim vou acabar comprando o livro ou baixando, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Ok, pirataria não é legal, mas se eu fosse comprar tudo o que quero ler, minha casa não teria espaço nenhum, rs.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Ola, eu estou aqui ensaiando para comprar esse livro, mas não sabia que ele era tão bom assim! :O
    Adorei toda a premissa, todo o suspense, e que mulher louca! Colocar uma estranha em casa!
    obrigada pela dica
    https://ninho-de-gato.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!