F

10 julho 2017

Resenha | Mãe sem manual

Título: Mãe sem manual
Autora: Rita Lisauskas
Editora: Belas-Letras
Gênero: Não ficção
Páginas: 112
Ano: 2017
Skoob

(Cortesia da editora)

Sinopse: A gravidez é sinônimo de alegria e bem-aventurança instantâneas, está escrito na página zero do manual das mães das novelas, filmes e contos de fada. Você vai reluzir, cintilar, sentir-se plena e absoluta desde o momento em que descobriu que vai colocar uma criança nesse mundo. Mas pode não ser bem assim. Como estamos entre amigas, vamos falar a verdade aqui. Este é um antimanual: foi criado para mostrar que nem sempre há certo ou errado quando o assunto é maternidade. Para desconstruir (e rir) dos mitos que às vezes nos fazem sentir inseguras, culpadas ou nos fazem perder muitas noites de sono à toa. Este livro é um abraço apertado em cada mãe que às vezes erra, sempre querendo acertar, e às vezes acerta, tendo certeza de que, no fundo, está errando.



Mãe sem manual, publicado pela Belas-Letras é um livro especialmente para mães de primeira viagem, mas pode ser lido por todos. Aqui nós vamos conhecer um pouco da história da autora e sua experiência com a maternidade, desde o planejamento da gravidez até a rotina depois que o bebê nasceu. Mas não pense que o livro funciona como uma espécie de manual para grávidas, pois na verdade é um anti-manual. Algo preparado para mães que nem imaginam o que a aguardam em sua primeira experiência como tal - uma emoção sem tamanho, mas também responsabilidades em dobro.

"Logo me questionei: colocar o peito para fora para amamentar uma criança é feio e sujo, mas desfilar com peito de fora no carnaval é lindo e socialmente aceito?" (p. 55)

Com um ótimo humor, Rita nos conta de forma descontraída um pouco de cada etapa: planejamento da gravidez, parto, a rotina após o parto... E o mais interessante é que ela não foca só nisso. A autora nos brinda com passagens hilárias, capítulos inteiros para rirmos. Isso porque quando a mulher está grávida, ela imagina mil e uma coisas para o futuro, planeja como vai educar seu filho, o que vai permitir e o que não vai, etc. E quando ele finalmente chega, ela descobre como tudo é muito diferente. Um dos capítulos mais engraçados é sobre os palpiteiros de plantão. Aquelas pessoas, parte da família ou não, que vivem dando palpites, desde os mais aceitáveis até os mais "sem noção". 


Ainda não sou mãe, mas estou planejando. Então já consegui imaginar como muitas mães se sentem antes e depois da gravidez. Me diverti bastante, mas também aprendi. A Rita não quis apenas descontrair, mas informar também. Em vários capítulos temos algumas informações importantes: sobre amamentação, cesária, pré-natal... Ainda contamos com um capítulo sobre onde fica o pai nessa história toda. Dessa forma, o que livro me ganhou ainda mais.

E essa diagramação impecável? A capa é dura e linda. O conteúdo é recheado de fontes especiais e capítulos muito bem trabalhados para o melhor conforto do leitor. Amei o cuidado com essa edição. A Belas-Letras sempre arrasa!


Mãe sem manual está longe de ser um livro carregado de informações sobre maternidade, já saiba disso antes de comprar (vi que muitas pessoas confundiram isso). Apesar de encontrarmos informações valiosas sobre esse período tão especial para as mulheres, o livro funciona mais como forma de entretenimento para mães de primeira viagem. E mais que isso. Senti o quanto Rita queria passar uma mensagem de otimismo, através de sua própria experiência. Afinal, esse período é mágico na vida de uma mulher, mas não quer dizer que é fácil. Adorei a forma com que a autora nos diverte, informa e ainda nos encoraja a seguir firmes nessa loucura que é ser mãe. Livro cinco estrelas e recomendadíssimo! 

Compare e compre: Saraiva ou Buscapé






 Gostou do livro? Comprando o livro através dos links dessa postagem você contribui com o Livros, vamos devorá-los.

20 comentários:

  1. Ual, adorei as fotos, e saber que o livro é bom também, me lembrarei dele quando estiver gravida rs.

    Beijos
    Ariane
    Blog LivrosdaNane

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Desde o lançamento que vi muitas pessoas comentando sobre o livro e indicando a leitura. Confesso que não pretendo ser mãe, mas fiquei curiosa para saber como essa primeira viagem à maternidade é abordada na obra de maneira leve e descontraída. É muito importante saber que ele não serve realmente como um manual, que tem sim informações valiosas, mas que é mais voltado ao entretenimento.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    A Belas Letras sempre capricha nas suas edições,e este não foge ao padrão. Está lindo!
    Apesar de não ser mãe, acredito que deve ser uma leitura bastante agradável. Interessante poder conhecer como uma futura mãe pensa e todas os seus planos e dificuldades.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Letícia,
    Adorei conhecer o livro e estou apaixonada pela diagramação e tudo mais. Gostei do tema do livro, mas não me interessou tanto no momento, mas acho que mais para frente vou ler. Adorei o post.

    Beijos,
    Garota Perdida nos Livros

    ResponderExcluir
  5. Sim, eu recebi este livro e ele é impecável de lindo. Acho que ele é muito legal pelo fato de não ser chato e monótono e todo mundo deve ler para entender melhor as gestações. Acho válido como as mudanças de escrita estão sendo feitas para levar informação para as mamães.

    Greice Negrini
    Blogando Livros

    ResponderExcluir
  6. Oi!

    Adorei as fotos e a edição, pena que não é um livro que chama tanto o meu gosto, mas parece ser bem interessante e útil!


    Beijinhos,
    Livros que Li

    ResponderExcluir
  7. Essa edição está simplesmente maravilhosa! Sério, sou apaixonada por livros assim. Esse é com toda a certeza um livro que eu leria, mas acho que se eu comprar, do jeito que minha mãe é neurótica, vai achar que eu estou grávida! kkkkkkkkkk
    Adorei, sério.

    Beijinhos da Mady.
    Blog Mago dos Livros

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Eu ainda não sou mãe, mas já acompanhei várias gravidez, então sei o quanto não é fácil. Adorei essa ideia da autora, e acredito que o livro é bem interessante.
    Adorei essa sua dica.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  9. Que resenha linda! Adorei!
    E essas fotos incríveis? Amei demais! Parece ser um livro muito bom!
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  10. Ahhh, que livro otimo para as mamaes.
    Adorei saber mais do livro e o que podemos esperar dele.
    Acho que seria otimo para ter aquelas dicas valiosas e ao mesmo tempo aprender algo novo mesmo sem ser mae.
    A edicao esta bem linda.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oiii Leticia tudo bem?
    Esse realmente prece ser um livro incrível, no qual eu adoraria realizar a leitura,em primeiro lugar preciso dizer que achei uma fofura esse carrinho de bebê e sei que seria pura diversão de ler essa belezinha.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Oi, Leticia! Sua resenha está linda, amei a capa e fiquei curiosíssima em relação ao livro. Parece ser muito divertido, ainda mais nas partes que envolvem o pai haha. A diagramação está maravilhosa mesmo. Obrigada pela dica, bjss!

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Vou anotar a dica e deixar guardada para quando eu estiver grávida!! Amei a ideia dessa livro e pelas fotos a diagramação está linda!! O que mais gostei foi sua observação sobre a autora passar otimismo para os leitores pq ser mãe e de primeira viagem não é fácil!!!
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  14. Olá! A diagramação está linda mesmo! Já sou mãe e mil coisas passam na nossa mente. Mas uma coisa tem que ser fixa: não existe mãe perfeita...Idealizamos muito, mas a realidade é bem diferente. Legal saber que ela abordou o assunto com bastante bom humor, beijos!

    ResponderExcluir
  15. Olá.
    Esse livro parece ser ótimo para auxiliar as mulheres que vão ser mães pela primeira vez. Gosto do fato dele mostrar como que é a realidade da maternidade com base na experiência pessoal da autora. Acho que as vezes as pessoas acham que ser mãe é uma maravilha, mas na real tem seus pontos negativos também.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  16. Olá ♥
    Esse livro me cairia bem a 4 anos atrás quando fui mãe♥
    Sei que não é um livro focado apenas na ajuda de mãe de primeira viagem, mas fiquei bem interessada, pois não é algo que temos costume de ler. As ilustrações estão lindas. Amei a resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  17. Para variar, mais uma vez a Belas Letras caprichou na edição do livro.
    Deixo a dica passar por não ser um tema que me atraia. Creio que pelo fato de ainda não ser mãe e nem ter muita vontade...
    Adorei sua resenha, muito bem trabalhada.
    Beijo

    ResponderExcluir
  18. AIIIIIIIIIIIIIIIIII que tuuuuudo.
    Esse livro seria super MARAAA para mim se eu tivesse comprado a um ano e meio atras.
    Que coisa mais linda. Encantada totalmente.
    Mas foi bom saber que o livro funciona mais como um entretenimento para as mamães, acho que então pode ser divertido para mim hahahah.
    ótima resenha e amei as fotos.

    ResponderExcluir
  19. A edição ficou lindissima, e as fotos maravilhosas (parabéns!), vou anotar a dica, mas vou deixar guardada para o futuro ;)
    Adorei a forma como a autora abordou o tema e mostrou atraves da propria experiencia o que pode ou não acontecer (entendi certo, né?)
    bjos

    ResponderExcluir
  20. Olá Le tudo bem. Eu pulei todas essas etapas de planejamentos e nem tive tempo de ser mãe de primeira viagem quando engravidei aos 15 anos! Hoje rafa está com 18 anos e vejo os desafios que tive que superar, pessoas falando coisas sem noção é o que tem mais, mas como eu não sou bem direta já dava resposta a altura kkkk. Mas é um livro muito fofo que pode ajudar muitas mães que querem uma luz no fim do túnel não é mesmo. A edição está linda. Bjkas

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!