F

01 junho 2017

O que gostei (ou não) na adaptação Antes que eu vá (Before I Fall)


Título: Antes que eu vá | Título original: Before I Fall | Estreia: Maio/2017 | Gênero: Drama | Direção: Ry Russo-Young | Duração: 1h38m | Avaliação: 4/5


Adoro cinema: Samantha Kingston (Zoey Deutch) é uma jovem que tem tudo o que uma jovem pode desejar da vida.. No entanto, essa vida perfeita chega a um final abrupto e repentino no dia 12 de fevereiro, um dia que seria um dia como outro qualquer se não fosse o dia de sua morte. Porém, segundos antes de realmente morrer, ela terá a oportunidade de mudar a sua última semana e, talvez, o seu destino.



Antes que eu vá é uma adaptação da obra de Lauren Oliver, publicada em 2011 pela Editora Intrínseca, e que ganhou uma edição especial em 2017 por causa do filme.

A sinopse e até mesmo o trailer nos revelam uma história bem comum em livros/filmes: jovens de classe média alta, populares no colégio, uma delas namora o cara mais bonito da escola, vivem se divertindo e por aí vai. Eis aqui o quarteto de amigas, formado por Samantha (Deutch), Lindsay (Halston Sage), Ally (Cynthy Wu) e Elody (Medalion Rahimi). Mesmo que soe clichê e até previsível (atire a primeira pedra quem não gosta disso nem um pouquinho), a adaptação traz algumas mensagens importantes.



O que mais gostei

Uma das coisas mais marcantes no filme é como as amigas levam a vida. E aqui eu destaco o fato do bullying que elas fazem com uma menina do colégio. No caso da protagonista, a Sam, ela tem um relacionamento um pouco frio com a família, distante eu diria, por escolha dela mesma. Quantos jovens são parecidos com Sam e suas amigas? Muitos! 

Não irei me estender para não soltar spoiler, mas é justamente essa vida morna que Sam levava e que achava ser a mais divertida de todas, que a levou a diversos questionamentos quando ela terá que viver repetidamente o mesmo dia. Isso é óbvio e previsível, mas levantou muitas mensagens importantes para os jovens que se acham donos do mundo e agridem verbalmente as pessoas. Além disso, tem a questão da virgindade, da escolha do melhor momento para tornar o sexo parte de sua vida. E essas reflexões que serão levantadas até o desfecho, foi o que mais me agradou no filme.



O que não gostei

Engraçado, pois o que mais gostei foi justamente o que me leva a explicar o que não gostei (haha). Vamos lá! Apesar de todas as reflexões importantes que a história levanta, faltou um aprofundamento das mesmas. Porém, como não li o livro, acredito que esses temas tão importantes tenham sido trabalhados pela autora. Além do fato, é claro, que é quase impossível colocar tudo em uma adaptação de duas horas. Mas o que mais me frustou foi ver algumas coisas que ficaram impunes, como aconteceu com a Lindsay, uma das amigas do quarteto. Mas assim como nenhum filme é perfeito, as pessoas também não são! Nem todos passam pelo mesmo processo de amadurecimento da protagonista.




Por que vale a pena assistir?

Nem tudo é completamente perfeito, né? Dei quatro estrelas porque realmente achei que o filme vale a pena. Ao contrário dos comentários que ouvi por aí, gostei muito do final. Acho que o fato da cena final ter sido tão rápida, nos pegar de surpresa e, - pá! Já subirem os créditos -, foi justamente para nos fazer refletir sobre aquilo. 

É gostoso acompanhar o processo de amadurecimento da protagonista. A adaptação acaba emocionando um pouco se você se identificar com ela em algum momento, seja pela influencia que as pessoas do seu colégio têm sobre você, seja pelo seu relacionamento com sua família. E o mais importante: a influência que VOCÊ tem sobre as pessoas! 

A maior mensagem do filme para mim foi: Por que devo levar uma vida mediana, se posso curtir e dar o melhor de mim em cada um dos momentos e para as pessoas ao meu redor?



Trailer





Livro


Onde comprar: Buscapé (edição do filme)








 Fotos do filme: Copyright Courtesy of Sundance Institute

15 comentários:

  1. Olá Leticia!

    Eu li o livro e assisti o filme, e achei que a adaptação ficou ótima. O livro tem muito mais detalhes e você é apresentando a muito mais coisas que Sam faz nesses dias repetidos. Não temos realmente um desfecho para os personagens, mas os questionamentos levantandos que fazem a obra ser boa. A leitura do livro é um pouco mais lenta que o filme, mas os dois são ótimos. Adorei a escolha dos atores e a paisagem da cidade.
    Adorei seu post, beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu assisti essa adaptação com lágrimas nos olhos. Mesmo sabendo o final (já li e reli o livro) eu torci muito para o destino da Sam ser outro. Eu queria que a autora tivesse se aprofundado no tema bullying. Foi mais aprofundado que no filme, mas ainda acho que faltou mais.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  3. Oi Letícia!
    Que bacana o filme, me parece bem clichê, mas ainda assim legal.
    Gosto bastante de personagens que se desenvolvem e amadurecem em histórias, isso nem sempre é trabalhado de forma legal nos filmes.
    Bj

    ResponderExcluir
  4. Oii, tudo bem?
    Então, ainda não li o livro nem assisti ao filme kkkk mas gostei do post, pois me dá uma ideia do que esperar.
    No geral a ideia do filme me parece muito boa, pois traz reflexões sobre o mundo adolescente, amizade, bullying, entre outras coisas e acredito que abordar esses temas seja importante. Acho que eu também não curtiria o fato das personagens não terem sido aprofundadas, mas como você disse nem tudo é perfeito.
    Gostei da dica e o fato de você ter dado 4 estrelas me deixa animada.
    Já quero assistir.

    ResponderExcluir
  5. Ainda não vi o filme, to bastante afim, mas falta oportunidade. O livro é muito bom e embora a gente saiba que adaptações podem deixar a desejar é sempre legal ver adaptações!
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Olá adorei sua impressões sobre a adaptação a algum tempo quero ler o livro, e não pretendo assistir antes de realizar a leitura, porém gostei da sua transparência ao escrever a respeito, beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?

    Parece ser um filme bem.... Em um lago dourado. Um filme que vi quando era menina e que mudou minha vida, me fez perceber a felicidade de ter pais maravilhosos que se sacrificavam para me dar uma vida confortável.

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Não sou muito fã de filmes assim, até assisti se tiver passando em algum canal até vejo, mas não sei. Quanto a adaptação é bem complicado mesmo nunca vai ser igual a gente imagina né?

    ResponderExcluir
  9. Oie! Este tipo de filme que está muito em voga atualmente não costuma me agradar. No meu trabalho, lido demais com realidade, então prefiro histórias que me tirem disso. Independente disso, gostei da forma como você apresentou os pontos que te agradaram ou não. Espero que você leia o livro e descubra mais sobre a história. Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Oiii Leticia tudo bem?
    Eu também não li o livro e confesso para ti que fiquei bastante interessada mesmo assim em assistir essa belezinha, sei que de certa maneira não gostou de algumas partes, mas vou esperar e tirar minhas próprias conclusões.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem? Ainda estou para ver o filme, afinal queria ler o livro primeiro o qual ainda não tive oportunidade. Acho que o enredo é ótimo para trabalhar essas reflexões, porém o tempo "contado" que cinematografias tem, fica difícil aprofundar. Eu entendo o seu não gostei, porém acho mesmo quase impossível trazer isso para a telinha. Espero ainda ter oportunidade de analisar o filme!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Vi algumas críticas acerca do filme, mas como não o vi, tampouco li o livro, prefiro esperar entrar nos streamings para ter uma opinião melhor - só espero que não tenham clichês demais, assim fica chato pra mim, pois ando meio enjoada de clichês.

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?

    Esse é o tipo de história que prefiro ver no cinema do que ler. Apesar que o livro sempre tem mais detalhes. E pelo que você contou, realmente vale a pena assistir. Então, espero fazer isso em breve.

    Beijos
    Laneh Martins

    ResponderExcluir
  14. Oi

    Nunca li o livro, não gosto do estilo sabe, mas quando tem filme, aí eu gosto...hehe...ainda não assisti esse, mas vou fazer isso em breve! Ótima dica!

    bjs

    ResponderExcluir
  15. Olá.

    Quero muito ler o livro e também assistir esse filme. Acho muito legal resenhas assim como a sua bem atrativas e comparando oq gostou e não gostou deixando o leitor bem a par de todas as situações. Fiquei feliz q a protagonista amadureceu e tal! Amei sua resenha.

    Beijos

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!