F

17 novembro 2014

Qual o tema? #2 Protagonistas negros

Ei galerinha!

Faz muito tempo que não posto essa coluna no blog, e este mês resolvi vir com o tema Protagonistas negros, já que estamos no mês de novembro, e no próximo dia 20 é celebrado o Dia Nacional da Consciência Negra. Apesar de nossos gostos literários serem um pouco diferentes, como seres humanos, somos TODOS IGUAIS! 
O primeiro livro que me veio na cabeça foi Menina bonita do laço de fita. Todo mundo, de qualquer idade, deveria ler este livro, é uma ótima leitura contra o preconceito!




Menina bonita do laço de fita

Sinopse: Um coelho branco apaixonado por uma criança negra. Isso é possível? Sim, e a comprovação está nas páginas do livro Menina bonita do laço de fita, de Ana Maria Machado. Nosso coelhinho, aliás, vai além: quer também ter a pele escura, igualzinha à da linda menina.
O simpático coelhinho faz de tudo para conseguir seu intento: entra numa lata de tinta preta, come jabuticabas até passar mal e toma inúmeras xícaras de café. Tudo em vão!
Entretanto, quando a lindíssima mãe da criança entra em cena, tudo se explica para o curioso animal. Daí para a frente, o coelho segue um caminho natural que o leva a se aproximar cada vez mais de sua admirada criança negra e do seu objetivo de ter os pêlos escurecidos.
Além do caráter lúdico de sua criação, a autora coloca em cena, nesta obra, diversos aspectos muito debatidos nos dias de hoje, como a auto-estima das crianças negras e a fraternidade inter-racial. Razão suficiente para tornar Menina bonita do laço de fita um excelente livro infantil, com alta dosagem de sensibilidade.




12 anos de escravidão

Sinopse: A obra que originou o filme 12 Anos de Escravidão retrata a história de Solomon Northup, um homem negro nascido livre nos Estados Unidos, que após ter recebido uma falsa proposta de trabalho, foi sequestrado, drogado e comercializado como escravo, e passou doze anos em cativeiro, trabalhando, na maior parte do tempo, em uma plantação de algodão na Louisiana. Após seu resgate, Northup, com uma escrita simples e ágil, retrata os registros excepcionalmente vívidos e detalhados da vida de um escravo. Este é um dos poucos retratos da escravidão americana, redigido por alguém tão culto quanto Solomon Northup — uma pessoa que viveu sua vida sob a óptica de uma dupla perspectiva: ter sido tanto um homem livre como um escravo. 







O menino marrom

Sinopse: [...]"conta a história de dois amigos de cores diferentes que crescem juntos".

"Sua pele era cor de chocolate. As bolinhas dos olhos pareciam duas jabuticabas: pretinhas. Os cabelos eram enroladinhos e fofos. Pareciam uma esponja".










A cor da ternura


Sinopse: Ser pobre e negra trouxe para Geni muitos conflitos interiores. Já adulta, continuou enfrentando barreiras impostas pela sua cor. Para vencê-las, traçou uma meta de vida e chegou lá! Lutou e continua lutando com armas poderosas que adquiriu durante sua vida: amor, carinho, afeto... O mundo seria melhor se os homens deixassem, assim como Geni, que essas poderosas armas brotassem em seus corações? Narrado em primeira pessoa, em linguagem despretensiosa, focando cenas cotidianas de um ambiente rural, o livro encanta pelas passagens que conduzem uma criança negra da inocência infantil ao entendimento juvenil. Seu amadurecimento, experiência, surpresas, suas enfim conclusões sobre as pessoas e o mundo ocorrem de maneira delicada, porém constante e contundente. Expõem inequivocamente a discriminação explícita, o preconceito velado, as ilusões da menininha e os sonhos da mocinha. Sonhos simples e que, afinal, se realizam. Destaque para a impressão de que estamos vivendo sua vida, e não apenas lendo sobre ela tal a naturalidade do estilo e a construção pé-no-chão dos personagens.





A menina que bordava bilhetes

Sinopse: A menina que bordava bilhetes tinha nome de flor. Os desenhos que bordava estampavam as cores, os cheiros, os sons, e a poesia que só a imaginação pode criar. Para alegria geral, este vilarejo de fantasia recebia ainda um parque de diversões. A música, o colorido e a euforia inspiram a multidão de homens, mulheres e crianças. 













Princesa Violeta

Sinopse: 'Princesa Violeta' conta a história de uma belíssima princesa de um reino muito rico, que descobre a frustração de seu pai por não ter um filho homem. Então ela se prepara, transforma-se em uma grande guerreira e mostra a seu pai a força da mulher. É um inovador conto de fadas, pois, além de trazer uma nova proposta estética dos personagens, apresentando os protagonistas afro-descendentes, traz uma princesa que decide o seu destino, simbolizando a mulher moderna.







Chuva de Manga

Sinopse: O Chade é um país que fica lá longe, no centro do continente africano. Seu povo vive uma realidade diferente e, ao mesmo tempo, próxima do nosso coração brasileiro. Há terras secas e alguns momentos de fertilidade, no solo árido — uma bênção da água que cai do céu. A leitura aproxima os povos. Por meio do dia a dia do menino Tomás, os leitores poderão imaginar o que é esperar pela chuva, fazer um carrinho de lata e apreciar os frutos da terra generosa, que nos oferece a alegria de saborear e cheirar uma manga dourada. A felicidade de um povo que tem tão pouco e valoriza tudo é uma lição de vida para todos. Agradável e poético, Chuva de Manga é, sobretudo, original. 



------------------------------------------------------------------------

O que percebi com essa pesquisa que fiz, de livros com personagens negros, foi que a literatura no geral, tem uma porcentagem muito baixa com tais personagens. Sendo que a grande maioria dos livros, são infantis. Um país com cerca de 50% da população negra, tão limitada ainda a criar livros com esses personagens!? Estou tentando entender ainda!



Siga o blog nas redes sociais:
 Facebook  |  Skoob  |  Twitter  | Youtube | Instagram




15 comentários:

  1. Destes livros, eu tenho 12 anos de escravidão, mas ainda não comecei a ler, infelizmente. Espero que a correria relaxe nas férias para eu poder colocar boas leituras em dia.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de novembro

    ResponderExcluir
  2. esses livros parece ser muito bons!

    >>> http://gilustre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu não li nenhum destes livros, mas conheço Menina Bonita do laço de Fita. Minha irmã é professora e já apresentou esse livro para os alunos sobre a consciência negra e tal. Acho fundamental isso, somente dessa forma o preconceito poderá acabar, tendo como base as teorias e a consciência de cada um.

    beijos
    http://mundo-restrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ahhh, você me levou de volta aos meus primeiros anos na escola com a citação desse livro Menina Bonita com Laço de Fita. Não lembrava da história, só da capa - minha memória visual é melhor hehehe.
    Outro livro que me chama a atenção é 12 anos de escravidão. Eu assisti ao filme e achei fantástico. Inclusive, tem resenha dele no blog:
    http://leitoresforever.blogspot.com.br/2014/10/uma-outra-paixao-12-anos-de-escravidao.html

    leitoresforever.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Já li "A cor da ternura" e chorei loucamente mesmo com tão poucas páginas, amo demais <3. Fiz resenha dele lá no blog ( http://espeloteadaepatricinha.blogspot.com.br/2013/08/a-cor-da-ternura-geni-guimaraes.html ).

    ;*

    http://espeloteadaepatricinha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Amiga eu nunca li nenhum desses livros, mas eu achei bacana você colocar obras que contém história de pessoas negras, até porque não é muito comum, pelo menos eu nunca vi ninguém lendo esses tipos de livros ou até mesmo resenhando. Gostei da sinopse de alguns. Eu acho que vou procurar ler pelo menos um deles pra poder conhecer a história, mas e pra achar? hahahhahaa....Mas acho que na saraiva deve ter né? Pelo menos pra ter uma ideia de como é feita a história deles e tudo mais.

    Mas adorei a sua postagem. Muito legal mesmo
    Se cuida linda

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu só conhecia o primeiro e acho muito fofo!
    Vou ver se acho os outros
    http://surejustnot.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Nossa, sem noção o quanto eu gostei desse post!!
    Ameiiiiii! *----*
    Tbm acho a menina bonita do laço de fita muito lindo. Não conhecia os outros, infelizmente (ou felizmente, pq pude conhecer coisas novas rs). Muito original essa sua ideia... se eu conhecesse muitos livros com protagonistas negros, faria um post tbm imitando vc. Tem um muito bom que eu li, A Moreninha. É antigão, mas é lindo. Sempre indico pra todo mundo.
    Parabéns! ;***
    Beatriz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esqueci de perguntar se A menina que bordava bilhetes é um livrinho pequeno de criança ou se é maiorzinho. (:

      Excluir
  9. Olá, tudo bem?
    Eu sou negra e não sou a favor do Dia Nacional da Consciência Negra, mas me interessei muito pelos livros, principalmente pelo "O Menino Marrom". A sinopse de "Princesa Violeta" me interessou demais. Já "12 anos de escravidão" faz tempo que quero ler.
    Super beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Ah Leeee, estou trabalhando "Menina bonita do laço de fita" com os meus alunos!!
    Lá na escola também tem "O cabelo de Lelê", ótimo.
    Beijos

    Blog Coisas da Juu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh verdade, eu já vi o cabelo da Lele...lembro que falavam que era eu, nos tempos de escola..rs

      Excluir
  11. Já trabalhei o Menina bonita com laço de fita em sala de aula com meus alunos, eles adoraram!
    Tenho mais uma sugestão: A cor púrpura, tem o livro e o filme, é maravilhoso!
    Parabéns pelo blog e resenhas lindas!

    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. oiiii, quero muito ler Cem anos de escravidão, mas sei que é um livro que vai me fazer chorar, rs. Então tenho que estar no clima

    beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Que belo post, esse livro "Menina Bonita do Laço de Fita" li quando era criança, várias vezes, encantado com as ilustrações. Boas memórias!

    Parabéns pelo blog. Abraço!
    http://www.transtornocriativo.com

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!