F

14 julho 2014

Trechinho de livro [3] - Queria que estivesse aqui

Sinopse: Para Paul, a vida se tornou uma sucessão de obstáculos. Abandonado pela esposa, o pai acaba de sofrer um derrame, sua nova namorada está indecisa entre ele e outro homem e ele se vê obrigado a lidar com questões familiares antigas, coisas que adiou até agora, mas terá de finalmente enfrentar. Por outro lado, ele ainda conta com 3 sustentações em sua vida - as doses no Bay State Bar, seu novo par de tênis (que o lembra de fazer exercícios), e finalmente Stella, sua grande amiga e companheira, que lhe dá sábios conselhos, que não o julga, e lhe dá amor incondicional. Porém, Stella não o acompanha em seu bar favorito. Stella é sua cachorra idosa, uma mistura de Labrador com Shepherd, e ela conhece Paul mais do que ele próprio.





Trecho

- Este artigo de revista - disse Paul, olhando para sua pesquisa destinada a Natureza para iniciantes - diz que os cachorros não sabem por que latem.
- Quem diz isso? - Stella perguntou, olhando para cima, enquanto permanecia ao lado do aquecedor. 
- Um especialista em evolução canina da faculdade Hampshire - Paul respondeu. - Ele é considerado o maior estudioso de comportamento canino do mundo e afirma que os cachorros simplesmente latem.
- Esta talvez seja a coisa mais estúpida que eu já ouvi - comentou Stella. - Quando alguém surge na porta e eu vou até lá para latir, o que esse cara acha que estou querendo dizer?
- Bem... eu sei, mas...
- Quando minha tigela está vazia e eu fico ali, diante dela, latindo, será que ele pensa que estou pedindo uma previsão meteorológica?
- Espere, espere, espere - Paul a interrompeu. - Deixe-me terminar de ler isto.
Lá fora, o estrondo de um trovão sacudiu o céu. Stella não gostava desse tipo de som, de jeito nenhum. Ouvira dizer que muitos cachorros tinham sido atingidos por raios, alguns deles enquanto estavam repousando em suas camas, dentro de casa. Aquilo poderia viajar pelas linhas telefônicas e cabos de televisão, chegando a você com força suficiente para queimá-lo. Soubera que o som de alguns trovões era tão alto que poderia até derrubar a sua casa. Algumas dessas informações eram exageradas, com certeza, mas havia tantos relatos que era impossível descartar todas as evidências. Isso não ajudava em nada. Não gostava de trovões.
- Aqui diz - Paul leu, tentando distraí-la - que eles compararam os DNAs dos lobos e dos cachorros e a diferença não passava de um simples haplótipo, o que significava que vocês e os lobos são praticamente idênticos do ponto de vista genético.
Mas Stella não estava ouvindo, porque um relâmpago iluminou o aposento. Silenciosamente, ela estava contando "uma linguiça, duas linguiças, três linguiças..." Quando o trovão se repetiu, veio com um forte estrondo, que ecoou em seu íntimo. Olhou para Paul, mas sabia que ele não podia fazer nada a respeito. Tentou reduzir sua respiração ofegante.
- Você quer subir no sofá? - ele ofereceu. - Venha!
Ela deu um impulso com as patas dianteiras e fez uma pausa, esperando pela sensação que costumava surgir em seu traseiro. A parte de frente de seu corpo ainda era forte o suficiente para seguir adiante, carregando consigo a posterior. Colocou uma pata sobre o assento e aguardou. Paul estendeu a mão e ajudou-a a subir. Ela colocou a cabeça sobre a coxa dele. Ele afagou a barriga de Stella. Por um momento, ela esqueceu completamente a tempestade lá fora.

Capítulo 9 Darwin de araque (p. 100, 101)


Foi um livro que gostei muito. Quem gosta de histórias de amizade entre um cão e o homem com certeza irá gostar. Stella fala, mas isso não tira a maturidade com que o autor conduz a narrativa. Recomendo!



Siga o blog nas redes sociais:
                                          Facebook  |  Skoob  |  Instagram  |  Twitter  | Youtube




17 comentários:

  1. Respostas
    1. Que bom Dalila. Espero que leia um dia.

      Excluir
  2. Amiga mais linda do mundoooooo
    Tudo bem com vc??
    Olha eu sei que estou te devendo DIVERSAS VISITINHAS. Me desculpe pela minha ausencia, mas andei tão desanimada de fazer as coisas menina. Seilá, acho que é o cansaço de ficar lendo por obrigação sabe? Eu fiquei tão injuriada que agora passei a ler os livros que realmente quero ler.
    Seilá, estou num ponto que estou cansada de ficar seguindo REGRAS para agradar todo mundo, principalmente porque sou UMA PESSOA SÓ PRA fazer tudo....enfim...entende meu dilema? hehehehe....Mas tipo, estava lendo o trecho desse livro e fiquei bastante interessada, principalmente se tratando de cachorro que eu adoro. Eu perdi um cachorro quando eu tinha meus 20 poucos anos e ele fez parte praticamente de boa parte da minha vida. Até hoje me lembro dele e sinto saudades. E esses livros de amizade e até mesmo alguns que tem de superação nos trás umas coisas muito boas.

    Eu não conhecia essa obra. Sinceramente.
    Mas fiquei bastante interessada em saber mais dele. Acho que vou procurar pra ler. Espero poder gostar tanto como vc gostou.

    Pra vc ter uma ideia, nem li ainda o livro MARLEY E EU. Só vi o filme e ele por si só já é triste né? Mas o livro mesmo nada. Quero ler também. Tanta coisa pra ler e a gente esquece das coisas boas que temos na estante (risos)

    Outra coisa, mudando de assunto...vc que leu praticamente mais do que eu, queria te perguntar uma coisa...Que tipo de livro CHICK-LIST vc INDICARIA pra mim? Disseram que daquela autora Sophie Kinsella é muito bom...verdade? Se tiver outros pra me indicar por favor. Estou precisando me descontrair um pouco =/

    Se cuida e fica com Deus amiga
    bjokas

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem Sil.. \o/
      Não se preocupe, só de passar por aqui no meu cantinho já fico feliz. E visito seu blog porque gosto muito. O negócio é ler sem pensar no amanhã..hehe
      História sempre nos tocam né, principalmente se já tivemos um amiguinho que se foi.
      Olha este livro é bom demais. Um pouco triste, mas vale a pena ser lido. E o Marley e eu também é muito bom, você vai gostar.
      Sobre a autora que você perguntou, eu não sei te responder pois ainda não li nada dela, mas deixei um recadinho no seu blog falando da minha indicação do livro Chick-List.
      Beijiinhos

      Excluir
  3. Não conhecia o livro, mas depois de ler o trecho fiquei bem afim de ler *--*
    Beijos
    http://apenas-um-vicio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Dessa, espero que possa ler um dia.

      Excluir
  4. Oie, tudo bom?
    Livros com humanos e seus cães sempre me emocionam...São histórias singelas e bonitas para ler e refletir. Não conhecia, mas gostei da dica.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi tudo sim Aline..
      Que bom que gosto, se conheço um pouquinho seu gosto literário, acho que vai gostar deste livro com certeza..rs

      Excluir
  5. Adorei a citação. Não é meu gênero favorito, mas parece ser um livro excelente.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro muito bom. Tem razão é raro vocês lerem livros assim né..rs
      Mas é muito bom.

      Excluir
  6. Oiee

    Amo os animais e adoro livros que abordem esse amor, gostei muito da dica!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Andressa, para quem gosta do tema é uma boa leitura.

      Excluir
  7. Oi! Eu li um livro semelhante ano passado e gostei muito, minha ligação sempre foi com gatos e adorei conhecer a experiência de quem lida com cães.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida, é muito bom o livro. Acho que para todos que gostam dos animais.
      Busca ler, você irá gostar.

      Excluir
  8. oii Letícia! o livro parece ser lindo, adoro histórias sobre amizade com cachorros. Tenho 4 em casa, e um é idoso, super idoso mesmo, rs.
    Adorei a dica

    beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahah que lindo. Eu tenho dois e amo ler histórias com cães.
      Essa é linda, busca ler.

      Excluir
  9. Adoro livros que compõem animais, além de emocionante, essas histórias sempre tem algo a nos ensinar, seja no tratamento ao bicho seja na construção do ser humano... Quero ler esse livro, a sinopse em encantou, e as citações nem se fala. Gostei muito!
    Bjs ^^
    www.depoisqueeumudei.com

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!