F

01 fevereiro 2017

O que li em janeiro (2017) 😊







Cidade dos fantasmas - Imagine que a cidade onde você vive é assombrada por fantasmas. Quando você vai para escola, ao cinema ou quando está tomando banho, lá estão eles. Escolher esse livro para leitura me fez sair de minha zona de conforto. Em linhas gerais, é um livro levemente aterrorizante (nem dá para sentir tanto medo), com uma pitada de drama, romance, aventura e muito suspense. Recomendo para quem gosta do gênero, pois foi uma ótima leitura.







A rainha do sul - É uma obra baseada em fatos reais e fictícios, brilhantemente narrada pelo mestre do "thriller intelectual" Arturo Pérez-Reverte, escritor espanhol. O livro já foi adaptado para uma série de televisão no canal Space, protagonizada pela atriz brasileira Alice Braga, e depois dessa leitura logicamente fiquei curiosa para assistir. A história gira em torno da vida de Teresa Mendoza, uma mulher comum, que sofreu alguns pesares e acabou crescendo muito no mundo do crime na Espanha, tornando-se uma das maiores traficantes no país. Em suma, gostei bastante da leitura, apesar de algumas ressalvas. O livro com certeza vai agradar quem gosta de histórias verídicas e com toda essa abordagem sobre o mundo do crime.






Diário de classe, a verdade - Esse livro é um relato de coragem que dificilmente não impressionará o leitor. A narrativa simples e fluída de Isadora mostrará ao leitor a situação no mínimo perturbadora da educação no Brasil. Tenho certeza que muitas pessoas já conheciam a história dessa menina corajosa, e das mudanças que ela fez em sua escola, mas confesso que ainda sim fiquei chocada com sua narrativa e os detalhes de como tudo foi acontecendo. Amei a leitura e o livro entrou para a lista dos queridinhos.







Vida dupla - Julia é o tipo de protagonista que te desperta dúvidas, pois ora sentimos compaixão pelo sofrimento que está passando e ora raiva por não concordar com suas atitudes. O título se refere a vida dupla que a protagonista vive. Por outro lado, as decisões erradas de Julia é que tornam a história intensa e viciante, a ponto de me fazer virar a madrugada lendo só para descobrir onde aquela loucura toda ia dar. Gostei muito de acompanhar o suspense que permeia o livro. 






Will & Will - O que mais me chamava atenção em Will & Will era John Green e o fato de nunca ter lido nada de David Levithan - sendo sincera, a sinopse nunca me atraiu. Bom, e apesar de ter escutado tantos elogios, o livro não funcionou para mim. A história parecia muito mais girar em torno de um personagem secundário do que dos dois Wills. Em alguns momentos cheguei a pensar que era ele o grande protagonista. Sério! Os dois Wills mal interagiram. Quantas vezes será que eles se falaram? Umas duas? O título é uma enganação! (E isso não é spoiler!). Não curti!




O grande zoológico - Confesso que diante da sinopse, esperava uma história mais instigante e não uma leitura tão cansativa quanto foi. Eis minha decepção: não gostei do protagonista. E para piorar as coisas a narrativa é feita em primeira pessoa e vamos de encontro direto com suas reflexões. Acredito que o autor poderia ter desenvolvido melhor a história, sendo menos detalhista e enxugando as reflexões pessimistas do protagonista. O cara chamava todos os autores e suas obras de lixo o tempo todo! Não gostei. 






101 profissões fora do comum para pessoas nada normais - O livro já conquista o leitor pelo título inusitado e essa capa fofa que promete diversão. O livro é basicamente um guia de profissões, onde os autores misturam ficção com realidade, portanto, não podemos levar tudo muito a sério. Levemente divertido e que vale a pena ter na estante. Recomendo para quem quer passar uma tarde gostosa lendo.







Quatro vidas de um cachorro - Não estou sabendo lidar com as emoções que essa leitura me proporcionou. Já começo resumindo esse livro em uma frase que o define bem: viver, aprender e evoluir, mas nunca se esquecer daqueles que mais amamos! Que livro mais fofo, apaixonante e emocionante! Arisco até a dizer que você nunca mais verá seu cãozinho com os mesmos olhos depois dessa leitura. Esse livro é uma referência ao verdadeiro amor. Tive que favoritar!







2 comentários:

  1. Olá!
    De todos da sua lista, o único que li foi Will e Will e, de fato, o título é uma grande de uma enganação. Eu até curti a leitura, mas não é uma das minhas preferidas nem de longe.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Olá Le, tudo bem, livros bem interessantes e variados, quero muito ler Diário de classe, já vi reportagem sobre a Isadora é uma menina muito inteligente. Fez ótimas leituras e algumas valeu a oportunidade de conhecer, mesmo não curtindo como gostaria.

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!