F

24 janeiro 2017

Resenha | O grande zoológico

Título: O grande zoológico
Autor: Howard Jacobson
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 350
Gênero: Ficção/Romance
Ano: 2016
Skoob

(Cortesia da editora)

Sinopse: Um romance sobre o amor pelas mulheres, pela literatura e pelo riso. Guy Ableman é um romancista apaixonado pela mulher, Vanessa, uma ruiva deslumbrante, contraditória e assustadoramente estressada. O problema é que ele não está menos fascinado pela sedutora sogra, Poppy. Essas duas constituem uma presença potente que destrói a paz de espírito de Guy, fazendo-o imaginar histórias ao mesmo tempo que impossibilita de se concentrar tempo suficiente para escrevê-las. Não que alguém leia seus livros. Ou qualquer outra coisa. A leitura, Guy teme, acabou. Seu editor, consciente disso, suicidou-se. Seu agente anda sumido. Vanessa, por outro lado, está escrevendo o próprio romance. Guy não espera que ela termine, mas se apavora quando pensa que pode estar errado. A ficção pode estar morta, mas o desejo, não. A partir desse desejo, ele acredita que pode escrever um ótimo livro.



O que me despertou a curiosidade nesse livro foi a sinopse. Guy Ableman é um escritor de romances, que anda frustado com o mercado editorial. Ele é casado com a bela e estressada Vanessa, a quem ama muito. Porém, esse amor se estende a sua sogra, Poppy, que é igualmente bela e sedutora. O que acontece é que Guy se inspira em suas próprias histórias cotidianas e desejos secretos para começar um novo livro, sendo atormentado então pelos pensamentos sobre essas duas mulheres da sua vida. Seu editor suicidou-se, seu agente nem lhe dá bola e para piorar o ego de Guy, sua esposa está terminando seu próprio romance. E ele será que conseguiria escrever um livro que despertasse a mesma atenção?


Eis minha decepção: não gostei do protagonista. E para piorar as coisas a narrativa é feita em primeira pessoa e vamos de encontro direto com suas reflexões. Guy vive um dilema consigo mesmo: ama a esposa e a sogra. Chega a ser cansativo sua obsessão pela segunda. Enquanto ele lamenta pelo mercado editorial e por acreditar que a literatura está morta, a sogra está lá, a cada página, a cada conversa. Vanessa, a esposa, por sua vez, também não me agradou tanto. Ela vivia desmerecendo o trabalho do marido. Sempre! Não que ele realmente não merecesse, só por esses pensamentos proibidos dele, mas a cada página comecei a perceber que o livro era somente isso: ele se lamentando e a esposa o desmerecendo. E a sogra... Bom, não entendi direito qual era a dela.

O título se refere a um dos livros escrito por Guy, Vai pentear macaco!. Confesso que diante da sinopse, esperava uma história mais instigante e não uma leitura tão cansativa quanto foi. Quando o protagonista não agrada fica difícil gostar da obra. Algo que poderia ter sido positivo no livro, se tivesse sido escrito de uma maneira diferente, é a abordagem sobre o mercado editorial, as cobranças e a falta de interesse do público. Acredito que o autor poderia ter desenvolvido melhor a história, sendo menos detalhista e enxugando as reflexões pessimistas do protagonista. O cara chamava todos os autores e suas obras de lixo o tempo todo! Que cara chato!

"Falando ao menos metaforicamente, todos tínhamos revólveres em nossos armários. Mesmo aqueles editores que ainda conservaram seus escritores, mesmo aqueles escritores que ainda conservavam leitores." (p. 28)

Uma pena que não curti o livro, mas preciso ser sincera. Acho que vale a tentativa se você gostou da sinopse ou já conhece outra obra do autor. Afinal, cada um de nós têm opiniões diferentes. Quem sabe você goste da leitura.

Compare e compre: Buscapé






9 comentários:

  1. oi.
    só pela sinopse e capa eu já vi que não era um livro que eu gostaria, e após ler a resenhas eu constatei isso.
    por isso não leria o livro, não me chamou nenhum pouco a atenção e me pareceu ser bem sem graça.
    obrigada pela sinceridade ^^ Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    A sinopse, de certa maneira, me deixou curiosa por parecer uma trama diferente e instigante, mas lendo sua resenha, vi que não.
    Pena que a leitura não tenha sido o que você esperava e tenha se tornado cansativa. Pelo visto o autor não foi feliz no desenvolvimento da história.
    Vou passar a dica dessa vez.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi Letícia! Poxa, eu tinha achado a sinopse bem interessante, mas depois de ver as suas impressõesy acho que não leria o livro. É difícil quando não o protagonista não agrada, a história fica cansativa mesmo. Acho que sentiria o mesmo que você.
    Beijos,

    ResponderExcluir
  4. Oi, Leticia!
    Você acredita se eu falar que assim que terminei de ler o 1º parágrafo da sua resenha, pensei "já não gostei desse cara"? Pois foi isso o que aconteceu, então não fiquei surpresa por você não ter curtido o protagonista. Ele me pareceu, logo de cara, alguém egoísta.
    Enfim, não é um livro que eu leria.
    Ótima resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá tudo bem?
    Eu achei a sinopse bem interessante, pena que o protagonista não te ganhou. Aconteceu algo parecido comigo e realmente não foi uma leitura satisfatória. Ao ler suas impressões percebi que não leria o livro justamente pelo que você apontou. É muito ruim quando não simpatizamos com os protagonistas e a estória meio que perde a essência, não é mesmo?
    beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Não costumo ler sinopses, mas após ler sua opinião me obriguei a conferir para saber como descreveram essa história... Como costumo comprar os livros pela capa e resenhas e não gostei da capa desse e a sua resenha me deu um visão da história que me aguardaria, admito que não sinto vontade de conhecer o protagonista.

    Parabéns pela sinceridade! ^^
    Beijos e até logo!

    ResponderExcluir
  7. Nossa realmente é muito chato quando começamos um livro esperando algo e não o encontramos e para piorar não gostamos dos personagens. Ou seja não houve conexão nem identificarão. Mas concordo com você sobre cada pessoa que tiver interesse deva ler para formular suas próprias impressões. Enfim gostei de conferir suas impressões, apesar do livro não ter chamado minha atenção.

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  8. Caramba! Que chato esse enredo hein?
    Pelo visto a historia tinha de tudo pra ser bens instigante mesmo (afinal um triangulo amoroso entre esposa marido e sogra é bem tenso) mas acabou sendo chato.
    Uma pena.
    Detesto quando acaba assim a leitura. Com esse ostinho de decepção.

    um beijinho

    #Ana
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Nossa agora entendi o título do livro, ele me parece um enredo bem conflitante não é mesmo, eu fico com agonia com livros assim e personagens tão contraditórios. Mas vale a leitura para conhecer o genero. Bjkas

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!