F

10 janeiro 2017

Resenha | Diário de classe - A verdade

Título: Diário de classe
Autora: Isadora Faber
Editora: Gutenberg
Gênero: Não-ficção
Páginas: 272
Ano: 2014
Skoob

Sinopse: Aos 13 anos, Isadora Faber, uma estudante de escola pública de Florianópolis (SC), indignada com os problemas de ensino e infraestrutura de seu colégio resolveu criar uma página no Facebook, o Diário de Classe, para denunciá-los. Chamou a atenção da imprensa nacional e internacional, mobilizou milhares de seguidores e conseguiu as mudanças que reivindicou. Sua jornada, no entanto, foi árdua: sofreu críticas, ameaças, represálias, agressões e processos. Porém, não desistiu, e hoje tem mais de 625 mil seguidores, inspirou a criação de mais de cem Diários de Classe, já participou de inúmeras palestras e eventos, ganhou prêmios e fundou a ONG Isadora Faber, com a qual continua seu trabalho por uma educação pública de qualidade no Brasil. Mais que um relato de coragem e do poder do webativismo, este livro é um retrato perturbador da situação da educação e dos serviços públicos brasileiros, que grita por cidadania e por transformações urgentes.


Esse é um daqueles livros que você termina e pensa: por quê não li ele antes? Quanto tempo esse livro está na minha estante e finalmente consegui focar na leitura. Amei a obra. Diário de classe, publicado pela Editora Gutenberg é um relato de coragem que dificilmente não impressionará o leitor. 

Isadora Faber tinha apenas 13 anos quando resolveu criar uma fanpage para mostrar os problemas de sua escola. Depois de conversar diversas vezes com a diretora e apontar as cadeiras quebradas, falta de fechaduras nas portas dos banheiros, fiações expostas, falta de pinturas e tantas outras manutenções necessárias no ambiente escolar, Isadora foi buscar por seus direitos na web, quando os problemas não foram solucionados, ou melhor, ignorados pela direção. O livro trata-se basicamente do relato de Isadora sobre como tudo começou até o momento que sua fanpage intitulada Diário de Classe atingiu mais de 600 mil seguidores. 


A narrativa simples e fluída de Isadora mostrará ao leitor a situação no mínimo perturbadora da educação no Brasil. Juntamente a narrativa podemos acompanhar também a trajetória da fanpage e as suas principais publicações, bem como toda a repercussão de cada uma delas. Logo no início do livro a Isa avisa que podem conter erros, pois as postagens foram incluídas na obra como realmente foram postados. 

Tenho certeza que muitas pessoas já conheciam a história dessa menina corajosa, mas confesso que ainda sim fiquei chocada com sua narrativa e os detalhes de como tudo foi acontecendo. A cada virada de página ficava cada vez mais indignada com a quantidade de pessoas ignorantes nesse país. Imagine: Isadora fez tudo que fez para o bem da escola, por uma melhor infraestrutura e condições de ensino. Ok! O que você imagina em uma situação dessa é que seus professores ficariam orgulhosos e a incentivariam. Mas aconteceu completamente ao contrário. Ainda estou sem acreditar que TODOS na escola ficaram contra ela: direção, funcionários, amigos e professores.

Amei a leitura e o livro entrou para a lista dos queridinhos. Uma obra tão simples, mas tão forte ao mesmo tempo. Que garota essa Isadora! Fiquei chocada e indignada com meu país. E não, não somente pelos serviços públicos, mas pela ignorância das pessoas, principalmente daqueles que se dizem educadores. Por favor, leiam esse livro. Ele será como um tapa na cara ao refletirmos que o que uma menina de 13 anos fez, a gigantesca maioria de nós nunca sequer cogitou fazer. 

Compare e compre: Buscapé







12 comentários:

  1. Eu me lembro da repercussão das denúncias feitas pela Isadora. E a incompreensão que ela sofreu foi um dos pontos que chamou a atenção. É importante ouvir o relato dela para entender toda a jornada e buscar informações que complementam pra ter um quadro amplo em um assunto tão atual e necessário. Boa indicação.

    ResponderExcluir
  2. Oie!
    Nossa, já fiquei interessada. Só fico a imaginar tudo o que vou sentir durante a leitura desse livro. Acredito que vou me surpreender muito.
    Uma ótima dica!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Essa menina causou uma comoção na época em que criou a fanpage, e fiquei orgulhosa por ver que ela conseguiu ao menos chamar a atenção dos "grandões". Não li esse livro ainda, mas parece ser uma obra muito motivadora. Realmente, é triste ver o quanto o nosso país é pobre em educação e com a nova pec isso só piorará :( Gostaria que esse livro fosse leitura obrigatória nas escolas, mas pelo visto isto não acontecerá.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi,
    Nossaaaa não conhecia esse livro, mas fiquei impactada com a sua resenha e preciso ler ele urgente.
    Tenho certeza que vou refletir sobre a realidade do nosso país.
    Adorei a indicação.
    beijos
    Daya

    ResponderExcluir
  5. Me lembro de quando esse livro foi lançado, mas, apesar do tema ser extremamente relevante para nossa sociedade, não sou chegada em livros de não-ficção! De qualquer forma, acho muito importante que livros assim ganhem espaço no mercado e que as pessoas se abram mais para conhecer a realidade do ensino de nosso país, que de uns doze anos para cá, praticamente faliu!!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  6. Oi tudo bem? Conheci ela na época em que ela "estourou" na televisão com seus casos na escola e acho essa menina uma guerreira por tudo que passou. Ainda não li a obra, mas fiquei mega interessada desde então. Ainda não tive oportunidade, mas está entre minhas metas. Adorei!
    Beijos,
    Leituras Diárias

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Essa obra me foi indicada quando estava fazendo faculdade, porém com a correria acabei não consegui realizar a leitura e com o tempo esqueci do livro.
    A premissa é bem interessante e fiquei boquiaberta com a coragem e iniciativa de Faber ao expor todos os problemas que haviam em sua escola em busca de melhorias.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu me lembro da história da garota, e como surgiu o livro, e sempre tive bastante curiosidade para saber mais. Essa é a primeira resenha que vejo, e saber que a garota consegue retratar a situação da educação no Brasil, me deixa ainda mais curioso.

    ResponderExcluir
  9. Oi Letícia, sua linda, tudo bem?
    Estou chocada, não sabia que todos ficaram contra ela, inclusive seus amigos que eram tão vítimas como ela, pois a escola é de todos e para todos. Eu não entendo, porque todos não podem trabalhar juntos para conseguir as melhorias na escola? Porque pedir para consertar algo é negativo? Se a escola não tem dinheiro, poderiam se unir e fazer um evento para angariar fundos, ou algo do tipo. Mas por que a briga? Vou colcoar na minha lista, ja fiquei tocada pela hitóira só lendo sua resenha.


    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. A trajetória dela é lindíssima, só é uma pena que os colegas e os funcionários da escola ao invés de unirem-se para melhorar a situação, viraram-se contra ela. A Isadora, se não me falha a memória, inclusive, teve de mudar de escola. Lembro que na época eu torci muito para que ela investisse na área da educação, pois precisamos desesperadamente de pessoas como ela.


    Adorei a resenha, não sabia do livro.

    Bjs! :)

    tamiresdecarvalho.com

    ResponderExcluir
  11. Olá.
    Não conhecia o livro e fiquei curiosa, pela capa eu o descartaria, mas o assunto abordado é muito interessante a acho que toda escola deveria incentivar a leitura deste. Realmente é de ficar chocado que todo mundo tenha ficado contra ela, até mesmo direção, é triste e revoltante, fiquei curiosa para ler o livro.
    ótima resenha.

    ResponderExcluir
  12. Oie!
    Me recordo dessa historia, mas nao sabia que ela era uma livro dessa forma. Pela sua resenha pude perceber que a historia realmente vale a pena, mas infelizmente, não é o meu tipo de leitura, então vou deixar a dica passar dessa vez :/

    beijos

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!