F

14 dezembro 2016

O que li em novembro (2016)






Para ler a resenha clique no título do livro.



Horas decisivas -  A obra é resultado de uma rica pesquisa dos autores que buscaram relatar de maneira fidedigna tudo que ocorreu em um dos mais ousados resgates marítimos da história. A descrição do resgate é feito com bastante ação e deixa o leitor tenso. Apesar da obra abordar mais os fatos do que a emoção, cada leitor é que sentirá o quão tocante é o relato dessa tragédia. Recomendo para quem adora histórias verídicas. Quero assistir ao filme agora.





Dica da Ka - Esse livro traz dicas simples e extremamente fáceis de fazer, para tornar seu cantinho mais aconchegante ou personalizar ainda mais o seu estilo com uma moda que é a sua cara. Mas nesse livro o foco é o seu lar. Aqui vemos o passo a passo de artes simples de como podemos mudar e muito aquele objeto velho ou aquela parede sem graça. Recomendo para quem gosta de fazer sua própria decoração e dicas de artesanato. Gostei bastante do livro.




Desejo concedido - Gosto muito dos livros da autora e fico feliz que também aprovei esse. Eis uma coisa que nunca canso de dizer: a autora tem uma forma simples de escrever, mas como se fosse mágica ela conquista o leitor com seus personagens extremamente cativantes e tramas que tratam do amor com imenso romantismo. É fato que às vezes sinto que o início das obras de Maxwell são um pouco bobos, mas o desenvolvimento é tão incrível e envolvente que me vejo completamente apaixonada pela história. Recomendo aos fãs de romance históricos.





Doadores de sono - Essa obra tem uma premissa excelente e é uma ficção científica que prometia, mas que infelizmente não me agradou completamente. A escrita da autora é leve e gostosa de acompanhar e pode agradar os leitores que buscam um enredo simples. O livro é bem curto e pode ser lido em questão de horas, mas infelizmente não funcionou muito para mim. Achei que faltou explicações e um melhor desenvolvimento.





Sra. Poe - Ao saber que se tratava de um livro inspirado na vida do renomado poeta de seu tempo, Edgar Allan Poe, e seu suposto caso amoroso com a também poetisa Frances Osgood, fiquei ainda mais entusiasmada. Para meu deleite o livro é tão maravilhoso que foi impossível não favoritá-lo. O desfecho surpreendente e a nota da autora ao final, acabou de me deixar rendida e apaixonada por essa obra. Recomendadíssimo. 









Um comentário:

  1. Oi, Leticia!
    Fiquei interessada em "Sra. Poe". A ideia geral já parecia interessante e ficou mais ainda ao saber que gostou tanto a ponto de favoritá-lo.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!