F

03 agosto 2016

[Lançamentos Agosto] Grupo Editorial Record








Que você é esse?

Sinopse: Espécie de biografia de um tempo, Que você é esse? retrata a geração que viveu o desbunde, lutou contra a ditadura e pela redemocratização, chegando hoje à dura realidade do que afinal conquistaram. Ficção política e livro erótico, romance de ideias e texto prospectivo, Antonio Risério vai do quilombo ao marketing, do candomblé à comunidade judaica, das lutas de 1822 às manipulações publicitárias, passando por vertigens amazônicas e contraculturais, para chegar ao colapso do PT e, então, se espraiar em sonhos de uma nova sociedade.










Brasileiro é otário?

Sinopse: O novo livro do autor do best-seller Esquerda Caviar Com seu estilo instigante e provocador, Rodrigo Constantino enfrenta, desmonta e decompõe o mito do jeitinho brasileiro – do jogo de cintura nacional, da malandragem, da malemolência – como qualidade e marca distintiva de um povo. Neste Brasileiro é otário?, defende que aquilo de que nos ufanamos é sobretudo o que nos atrasa e inviabiliza. Como o já clássico Esquerda caviar, este livro faz, acima de tudo, crítica cultural – sem deixar de lado, claro, os aspectos políticos e econômicos que também definem nossa cultura.  Com coragem e rigor, Constantino visita as origens institucionais do país, esmiúça o patrimonialismo que fundamentou a nação, estuda o gigantismo do estado, investiga as razões de os limites entre público e privado serem tão elásticos, e expõe a maneira como esse conjunto de misérias estabeleceu um complexo ambiente de inseguranças, doentio e caríssimo, nas relações produtivas. Ao comparar – apresentando números, dados e fatos, sem misericórdia – a vida do brasileiro médio com a do equivalente americano, oferece as últimas chaves de leitura e não nos deixa alternativa senão a de encarar e responder, nós mesmos, a questão proposta pelo título.





Cobra Norato

Sinopse: Obra emblemática do movimento modernista no Brasil, Cobra Norato reconta a lenda amazônica cujo mote é a história de uma índia que engravida do Cobra Grande ao se banhar entre o rio Amazonas e o Trombetas. Um livro essencial da primeira fase do modernismo, poema cativante e já inserido no conjunto de clássicos da literatura nacional. Raul Bopp morreu 1984. Entre 1926 e 1929, junto com Oswald de Andrade e Tarsila do Amaral, entre outros, fez parte do movimento antropofágico, vertente do Modernismo que marcou para sempre a história da cultura nacional. Cobra Norato é sua obra mais importante. 












O milagre da manhã

Sinopse: Hal Elrod explica os benefícios de acordar cedo e desenvolver todo o nosso potencial e as nossas habilidades. O milagre da manhã permite que o leitor alcance níveis de sucesso jamais imaginados, tanto na vida pessoal quanto profissional. A mudança de hábitos e a nova rotina matinal proposta por Hal vai proporcionar melhorias significativas na saúde, na felicidade, nos relacionamentos, nas finanças, na espiritualidade ou quaisquer outras áreas que necessitem ser aprimoradas.













O vento da noite

Sinopse: Único livro no país que reúne exclusivamente a poesia de Emily Brontë, autora de O morro dos ventos uivante, este volume traz 33 poemas da escritora inglesa. Publicado no Brasil originalmente em 1944, como parte da primorosa Coleção Rubáiyát, da editora José Olympio, “O Vento da Noite”, traduzido por Lúcio Cardoso, retorna em edição bilíngue pela Civilização Brasileira. É uma bela oportunidade de reviver o encontro entre dois grandes nomes na literatura e de observar as especificidades que permeiam os processos de criação do autor e do tradutor – uma relação marcada pela sensibilidade, intimidade, escuta e delicadeza. A edição é organizada e apresentada por Ésio Macedo Ribeiro, organizador dos Diários, de Lúcio Cardoso. A prestigiada tradutora Denise Bottman assina o texto de orelha.








Pompeia: a vida de uma cidade romana

Sinopse: O livro que reúne tudo o que é preciso para que o leitor se sinta guiado ao longo de uma viagem pelas ruas e casas da verdadeira Pompeia. Durante muito tempo, Pompeia foi uma próspera cidade do Império Romano, até ser devastada, em 79 d. C., por uma das maiores erupções do Vesúvio de que se tem notícia. Ao longo dos anos que se seguiram, e ainda hoje, questões sobre seus habitantes e o estilo de vida que levavam até o fatídico dia em que a cidade sucumbiu à fúria do vulcão povoam a mente de estudiosos e leigos. Este poderia ser apenas mais um livro sobre os principais achados arqueológicos do local e, ainda assim, certamente despertaria o interesse de muitos. No entanto, aqui, a especialista em classicismo Mary Beard vai além das questões mais corriqueiras, aprofunda-se em detalhes muitas vezes negligenciados, questiona posições já consagradas por arqueólogos de diversas épocas e desmistifica inúmeros fatos relacionados ao cotidiano daquela população. Com centenas de ilustrações, mapas, plantas baixas e fotografias, este livro conduz o leitor a um mergulho no dia a dia da cidade, em uma viagem pelas ruas e casas desta cidade romana.






O animal mais perigoso de todos

Sinopse: Pouco depois de sua mãe biológica contatá-lo pela primeira vez, aos 39 anos, Gary L. Stewart decidiu sair à procura de seu pai. Sua busca o levaria a descobrir uma terrível verdade e o forçaria a reconsiderar tudo o que pensava conhecer sobre si mesmo e o mundo. O animal mais perigoso de todos conta a história da caçada de uma década de Stewart pelo pai, seguindo uma trilha complexa de reviravoltas e conexões surpreendentes, revelando o nome do assassino do Zodíaco pela primeira vez, além de construir um perfil psicológico assustador do criminoso que cativou a imaginação da América por décadas e permaneceu um dos grandes mistérios não solucionados do século XX.











A rainha do sul

Sinopse:Teresa Mendonza nasceu em Culiacán, no México. Pobre e com pouco estudo, foi estuprada e quase morta depois de o namorado, piloto de avião que trabalhava para o cartel local, ser assassinado pelo chefe do tráfico. A jovem então se vê forçada a fugir para a Espanha, onde seu instinto criminoso vem à tona. Lá, ela não tem escolha a não ser aceitar uma realidade impiedosa, na qual não há bem ou mal, e sim o reflexo de um universo cruel, onde matar, morrer, enganar e corromper faz parte do cotidiano. Agora, a Mexicana, como é chamada no submundo do crime e pela imprensa, é a traficante mais poderosa da Espanha, dona de um império camuflado de transporte de drogas na Costa do Sol. Uma história de corrupção, amor e intriga que nos revela o melhor e o pior que existe no ser humano. Pérez-Reverte cria um retrato perfeito do submundo do tráfico na Espanha mesclando fatos e ficção, sexo, drogas e violência, numa narrativa avassaladora. A saga épica de Teresa Mendonza atravessa décadas e continentes numa história repleta de sensualidade, crueldade, amor, traição, vida e morte.






Serviço secreto

Sinopse: Jack Reacher está acostumado a vagar sozinho de uma cidade a outra, sem destino, emprego, endereço ou identidade. Entretanto, ao ser procurado por M. I. Froelich, uma agente do Serviço Secreto, recebe um pedido bastante incomum: “Quero contratá-lo para assassinar o vice-presidente dos Estados Unidos da América”. Mais nova chefe de segurança do vice-presidente eleito, ela quer que Reacher tente encontrar as falhas na defesa de sua equipe, testando sua eficácia contra um potencial ataque. Reacher é a pessoa certa para isso: tem a habilidade e a furtividade de um ex-policial do Exército, além de ser totalmente anônimo. Ela só não fala que, na verdade, a ameaça é real e a vida do vice-presidente de fato corre perigo.










Achados e perdidos

Sinopse: Millie Bird é uma garotinha de apenas 7 anos que já sabe muita coisa. Ela já descobriu que todos nós um dia vamos morrer. Em seu Livro das Coisas Mortas, ela registra tudo o que não existe mais. No número 28 ela escreveu “Meu Pai". Millie descobriu também, da pior forma possível, que um dia as pessoas simplesmente vão embora, pois a mãe dela, abalada com a morte do marido, a abandona numa grande loja de departamentos. Ela só não está triste porque conheceu Karl, o Digitador, um senhor de 87 anos que costumava digitar com os próprios dedos frases românticas na pele macia de sua mulher. Mas, agora que ela se foi, ele digita as palavras no ar enquanto fala. Ele foi colocado pelo filho em uma casa de repouso, porém, em um momento de clareza e êxtase, ele escapa, tornando-se então um fugitivo. Agatha Pantha é uma senhora de 82 anos que mora na casa em frente à de Millie e que não sai mais, nem conversa com ninguém, há sete anos. Desde que o marido morreu, ela passou a viver num mundinho só dela. Agatha preenche o silêncio gritando, pela janela, com as pessoas que passam na rua, assistindo à estática na televisão e anotando em seu diário tudo o que faz. Mas, quando descobre que a mãe de Millie desapareceu, ela decide que vai ajudar a menina a encontrá-la. Então, a adorável garotinha, o velhinho aventureiro e a senhorinha rabugenta partem em uma busca repleta de confusões e ensinamentos, que vai revelar muito mais do que eles imaginam encontrar.




Outros lançamentos:





Encontre a editora:



Um comentário:

  1. Olá, Letícia.
    Dos lançamentos, Cobra Norato é o que mais chama a minha atenção Gosto muito de literatura nacional e esse livro é um clássico.
    Vou conferir, com certeza.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de agosto. Serão dois vencedores e um deles levará um vale compras!

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!