F

07 julho 2016

Resenha - A garota perfeita

Título: A garota perfeita
Autora: Mary Kubica
Editora: Planeta
Gênero: Thriller psicológico
Páginas: 336
Ano: 2016
Skoob

(Cortesia da editora)

Sinopse: Mia, uma professora de arte de 25 anos, é filha do proeminente juiz James Dennett de Chicago. Quando ela resolve passar a noite com o desconhecido Colin Thatcher, após levar mais um bolo do seu namorado, uma sucessão de fatos transformam completamente sua vida. Colin, o homem que conhece num bar, a sequestra e a confina numa isolada cabana, em meio a uma gelada fazenda em Minnesota. Mas, curiosamente, não manda nenhum pedido de resgate à familia da garota. O obstinado detetive Gabe Hoffman é convocado para tocar as investigações sobre o paradeiro de Mia. Encontrá-la vira a sua obsessão e ele não mede esforços para isso. Quando a encontra, porém, a professora esté em choque e não consegue se lembrar de nada, nem como foi parar no seu gélido cativeiro, nem porque foi sequestrada ou mesmo quem foi o mandante. Conseguirá ela recobrar a memória e denunciar o verdadeiro vilão desta história?



Amo thrillers psicológicos e, claro, estava com grandes expectativas para ler A garota perfeita, publicado pela Editora Planeta. Felizmente não me decepcionei e me envolvi completamente na trama criada por Mary Kubica.

Mia Dennett é uma professora, fiha de um juiz de Chigargo que está em um relacionamento conturbado a poucas semanas com seu namorado. Após levar mais um bolo dele quando o esperava em um bar, Mia conhece um misterioso homem que a convence a ir para seu apartamento. Colin Thatcher não desejava o mesmo que Mia quando a levou para seu apartamento e, quando ela se dá conta é tarde demais. Colin havia sido contratado para sequestrá-la, mas acaba desistindo de entregá-la a seu mandante, levando-a para uma cabana gelada em Minnesota. Fugindo totalmente do plano inicial, não apenas Mia corria perigo, mas agora Colin também. Portanto, tudo que ele tinha que fazer era mantê-los seguros e escondidos na cabana, mantendo Mia prisioneira.

"Nunca falei com ela. Não reconheceria o som de sua voz. Não sei a cor dos seus olhos nem como reagem quando ela se assusta. Mas saberei." (p. 38)




Adorei a forma com que a autora construiu o rumo dos acontecimentos e desenvolveu as revelações, pouco a pouco. O livro é dividido em capítulos, onde cada um é narrado por um personagem: o detetive Gabe, Eve, a mãe de Mia e Colin. Os capítulos são alternados entre o antes e o depois de Mia ser encontrada. Mia não se recordava de absolutamente nada do que havia ocorrido na cabana - isso não é spoiler, pois é descrito logo no início do livro. É necessário juntar os capítulos como se fossem fragmentos do mistério que envolve a obra: o que de fato aconteceu para Mia viver assustada e não se recordar do período em que esteve em cativeiro. 

A narrativa de Kubica é incrivelmente envolvente. A cada página ela trabalha o psicológico de cada personagem e seu envolvimento com Mia. Conforme vamos conhecendo cada um deles é possível fazer algumas suposições. Mia é uma mulher que veio de uma família milionária, com um pai que sempre zelou para manter sua própria reputação, muito mais do que se dedicou a paternidade. Sua mãe Eve, apesar de nunca fazer diferenças entre suas duas filhas, nunca conseguiu preencher completamente o vazio que Mia sentia pelo desprezo do pai. Colin, por sua vez, tem uma origem financeira completamente diferente e passou por muitas dificuldades. 

O suspense que permeia o livro, bem como o psicológico dos personagens são os pontos altos da trama criada por Kubica. Acompanhar como é a vida de uma família aparentemente perfeita e com uma ótima reputação, contudo sustentada por mentiras e meras aparências, é o que envolve o leitor do início ao fim. Ao juntar todos os pedaços, o leitor descobrirá que ninguém é o que parece ser, e todos podem esconder segredos. O desfecho começa a fazer um pouco de sentido perto das páginas finais, mas me recusava a acreditar naquilo (risos).

Simplesmente amei a leitura. A garota perfeita é um thriller psicológico incrivelmente envolvente e muito bem escrito. Uma leitura totalmente instigante. Claro que recomendo o livro para quem curte o gênero e até para quem não está habituado a lê-lo. Se você gosta de um livro cheio de suspense, reviravoltas, personagens enigmáticos e um final surpreendente, esse livro é para você.

Compare e compre: Saraiva | Americanas | Submarino 






6 comentários:

  1. Oi, Letícia, tudo bem?
    Eu já havia visto esse livro em alguns lugares para comprar, mas não ouvira nada sobre ele, qual o gênero ou sobre o que ele fala. Agora já estou com vontade de ler! Thriller é muito legal, ainda mais um psicológico! Kkkkkk
    Obrigado, você com sua resenha me fizeram ter vontade de lê-lo!
    Abraços!

    -Ricardo, Lapso de Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Ricardo! Amei o livro e vale muito a pena!

      Excluir
  2. Olá, Letícia.
    Adoro suspenses que vão para o lado psicológico, pois isso deixa a trama bem mais profunda. Além disso, nunca conferi um livro que envolve-se o cárcere privado dessa maneira.
    Excelente dica.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de julho. Serão quatro livros e dois vencedores!

    ResponderExcluir
  3. Preciso desse livro, gosto de tramas que deixam o leitor querendo mais, com um mistério bem desenvolvido, principalmente por também amar thrillers psicológicos, a capa está linda e a narrativa da autora parece colaborar para que a leitura seja muito boa!

    ResponderExcluir
  4. Estou extremamente interessada por esse livro desde que ouvi falar dele pela primeira vez. Sua resenha está muito boa, me fez ficar com ainda mais vontade de ler!
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
  5. Antes não dava muita atenção para esse livro, a capa meio sem graça, mas depois de ler algumas resenhas, vi que eu estava enganada. Quero muito comprar esse livro, não vejo a hora.

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!