F

18 março 2016

Resenha - Vamos juntas?

Título: Vamos juntas?
Autora: Babi Souza
Editora: Galera Record
Gênero: Não-Ficção
Páginas: 144
Ano: 2016
Skoob

(cortesia da editora)

Sinopse: Toda mulher já se sentiu insegura na hora de sair sozinha na rua. O risco de ser abordada, perseguida ou assediada é uma realidade. Mas, um dia, uma moça chamada Babi Souza teve uma ideia simples e revolucionária: da próxima vez em que você estiver sozinha, olhe para os lados. Pode ter outra mulher andando na mesma direção. Por que não vão juntas? Logo, o movimento Vamos Juntas? conquistou moças em todo o Brasil, se tornando um símbolo de união feminina e feminismo, na defesa por direitos iguais entre homens e mulheres. Aos poucos, muitas mulheres mudaram sua forma de enxergar o dia a dia e a moça ao lado.  Além de dados sobre o feminismo, que mostram como ainda há tanto a ser conquistado, este guia traz relatos de mulheres que aprenderam, junto ao Vamos Juntas?, a enxergar companheiras umas nas outras. A se unir, ao invés de rivalizar.


Ainda em clima de comemoração ao Dia da mulher, quando recebi Vamos juntas? em casa, tal foi minha empolgação de estar com esse livro lindo nas mãos, que comecei a lê-lo imediatamente. Vamos juntas? é uma publicação da Galera Record e escrito por Babi Souza, uma jornalista que criou o #movimentovamosjuntas . Calma, não é uma biografia sobre a Babi, nem uma narrativa focada na criação do movimento, embora ela relate como ele surgiu e tomou força no Brasil. A obra é, antes de mais nada, uma reflexão e um tapa na cara da sociedade, sobre a força que as mulheres têm no mundo, embora muitas ainda não saibam.


Com uma narrativa ágil e extremamente envolvente, Babi conta como esse movimento surgiu e tomou força. Quantas vezes, nós mulheres, não tivemos medo ao andar sozinha em uma praça ou uma rua escura ao voltar do trabalho? Ou até mesmo medo em ficar sozinha anoite em um ponto de ônibus? Pensando nisso, a Babi teve uma ideia: por que ao avistarmos outras mulheres não poderíamos nos unir e irmos juntas ao nosso destino? E dessa ideia o movimento não só nasceu como ajudou diversas mulheres a sentirem que não estavam sozinhas e que poderiam se ajudar.

Escrevendo de uma maneira descontraída, a autora fala ainda de conceitos que muitas de nós, talvez, ainda não sabíamos existir como, por exemplo, os termos sororidade e empoderamento feminino, ambos com conceitos usados apenas para as mulheres. Se você ainda não ouviu essas palavras, vou deixar por conta da Babi te explicar, para não tirar as surpresas que a leitura do livro trará. O fato é que essas são palavras fortíssimas quando lutamos para combater o machismo. 


"Que fique claro: amar e empoderar a si mesma não significa ser egoísta, é apenas ter certeza de que somos merecedoras desse mundo também." (p. 85)

O que mais gostei no livro foram as reflexões de algo que nunca tinha parado para pensar como, por exemplo, os perfis das princesas nos contos da fadas. Não entrarei em detalhes, porque foi algo revelador para mim, por nunca ter parado para pensar nisso e vou deixar mais essa surpresa por conta do livro. Com isso, a obra faz menção a "ensinamentos" que tivemos quando ainda éramos crianças, os brinquedos que usávamos e as animações que assistíamos e, como tudo isso contribuiu e ainda contribui para uma sociedade sexista.


Temos ainda ao longo das páginas, relatos de outras mulheres que sofreram algum tipo de violência, ou de outras que aderiram ao movimento Vamos juntas? e se ajudaram. Alguns dados estatísticos sobre os abusos no país e os relatos fortes, irão deixar o leitor com uma certa indignação de como somos subjugadas pelo sexo masculino. Contudo, Babi também traz mensagens positivas, na tentativa de fazer com que nos enxerguemos com outros olhos. 

Somado a toda essa positividade que o livro traz, o trabalho da editora está incrível. Começando pela capa e contra capa com cores fortes e chamativas. O conteúdo é ainda melhor. A mudança de fontes e as inúmeras ilustrações, dão uma leveza impressionante na hora da leitura. Amei o trabalho gráfico da Galera Record.



Vamos juntas? é um livro que fala de sororidade e do poder que as mulheres, muitas vezes, não conhecem ter, mas não está restrito apenas às leitoras, podendo ser lido por homens também. Afinal, o feminismo não visa colocar as mulheres em superioridade, mas sim lutar por direitos iguais entre gêneros. Claro então, que recomendo muito o livro, desejando um mundo com mais igualdade e menos machismo!

" 'Homem também morre', muitos argumentam. Mas é simples: apenas as mulheres são vítimas da violência de gênero." (p. 108)

E, para vocês, minhas lindas leitoras, essa é uma leitura obrigatória! 






12 comentários:

  1. Olá, Leticia.
    Apesar de não ser o público alvo, li a obra ontem e gostei. Para mim, não trouxe nada de muito novo, visto que já tinha estudado os mais diversos dos conceitos abordados na obra. Contudo, achei uma obra interessante por causa da linguagem simples e de fácil absorção.
    Ótima resenha.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de reinauguração. Serão quatro vencedores!

    ResponderExcluir
  2. Eu nunca tive problema em sair sozinha, pra onde quer que fosse. Aliás, até gosto muito. Mas acho bem interessante e válido essa proposta da autora. Já tinha visto o livro em algum outro lugar, mas tinha me atentado a saber do que tratava.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  3. Oi Leticia.

    Não conhecia este livro e pela sua resenha eu fiquei bem interessada em ler e daria uma chance para ele. Pelas fotos o livro é bem caprichado, vou adicionar na minha lista de desejados.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu já vi outras resenhas sobre o livro, e cada vez mais eu me apaixono por ele. O livro parece ser um máximo e dá uma certa força para mulheres, e fazem com que ela perceba que são mais fortes do que elas imaginam. E o legal é que ele ensina vários termos e utilizam ainda imagens para exemplificar. Quero muito lê-lo.
    https://nerdbookblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  5. Ai gente, quero muito esse livro!! Desde que vi o lançamento fiquei interessada, acho muito importante debater esses temas na nossa sociedade atual, e esse livro não deixa de fazer isso. Fiquei muito curiosa sobre os padrões das princesas, já quero saber o que é kk
    Adorei a resenha, beijo!

    ResponderExcluir
  6. CAramba, eu conheço o movimento e não conhecia o livro! É claro que eu vou comprar, e eu acho que é um ótimo livro para se dar de presente. Uma ferramenta excenete para se conscientizar "azamiga tudo" com a questão da sororidade. Infelizmente muitas mulheres ainda são contra o feminismo por questão de preconceito e ignorância com o movimento e esse livro pode ajudar muito a desconstruir isso. Obrigada pela dica. bjos

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    adorei sua publicação ficou muito legal, as imagens ficaram lindas. Sobre a resenha, ficou muito bem escrita, a obra tem uma premissa muito boa, vou querer ler a obra. Parabéns pela publicação. www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  8. Achei a proposta do livro bem bacana, me interessei para ler.
    O livro parecer ser bom e a diagramação é ótima!

    ResponderExcluir

  9. Amei a capa, as ilustraões, o marcador, a fonte... Amei o livro todo, vamos logo dizendo. Além disso amei a idéia, mas acho que muitas mulheres não fariam isso, por não conhecer a pessoa e talvez achar que a outra ache ruim, estranho ou esquisito. Mas amei também por mostrar nós mulheres no ponto de vista dos homens, feminismo, dados estatísticos sobre os abusos no país, coisas no qual trata sobre o nosso sexo, sobre no qual devemos nos informar cada vez mais.
    E sobre esses termo ''sororidade e empoderamento feminino'' eu realmente não sabia o que era haha, por isso mesmo que isso é um ótimo livro no qual nós mulheres devemos ler, para nos mantermos informadas, por tratar sobre nós, quando se trata sobre isso, informação nunca é demais.

    ResponderExcluir
  10. Que iniciativa legal,o livro parece ser muito bom,e o assunto está super no foco do momento com todas as violências e preconceitos que a mulher sofre dia após dia esse livro nos dá fôlego para resistir.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  11. Gostei de cara desse livro, pois retrata a realidade não so do Brasil mas do mundo. Onde estudo nós usamos o "vamos juntas" para ir ao ponto de ônibus, isso evita muitas coisas ruins. Ótima iniciativa da autora.

    ResponderExcluir
  12. Ainda não conhecia o livro, mas achei a proposta fantástica e já estou empolgada para ler. Acho que é isso que anda faltando, as mulheres se unirem, porque apesar de todos os movimentos feministas, a grande maioria ainda não se sente "empoderada". Foi para a minha lista!

    www.nemteconto.org

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!