F

08 dezembro 2015

Resenha - Marshmallow

Título: Marshmallow
Autora: Dorothy Koomson
Editora: Primavera Editorial 
Páginas: 456
Ano: 2015

(parceria com a editora)

Sinopse: Quando Kendra Tamale regressa à Inglaterra, fugindo de velhas mágoas e em busca de um novo começo, aluga um quarto de Kyle, um homem separado e pai de dois filhos, de quem se aproxima, contra todas as suas expectativas. Porém, essa amorosa e simpática mulher esconde algo sombrio em seu passado. O que acontecerá quando esse segredo vir a tona e Kendra tiver que enfrentar seus próprios demônios? A única forma de remediar a situação é confessar o erro terrível que cometeu há muitos anos atrás, algo que prometeu nunca fazer. Marshmallow: O que pode acontecer quando se abre o coração para completos estranhos (Primavera Editorial, 456 págs., R$39,90), escrito por Dorothy Koomson, é uma história de redenção e, sobretudo, amor. A autora aborda de maneira delicada temas polêmicos como o alcoolismo, ressaltando a importância do apoio da família na superação de momentos difíceis. 


O que pode acontecer quando se abre o coração para completos estranhos?

Marshmallow é um lançamento da Primavera Editorial, e pode não chamar tanta atenção pela capa e título, mas nem sempre de uma bela capa se faz um ótimo conteúdo. Digo isso, pois quando publiquei o lançamento do livro em outra postagem, notei que as pessoas comentaram seu interesse ou não, levados a isso. O que posso dizer depois de terminar a leitura é: o título pode não ter sido a melhor escolha, mas a história é maravilhosa!

Kendra tenta fugir do seu passado mudando-se da Austrália para a Inglaterra. Aluga um quarto de Kyle, um homem separado e pai de dois filhos, Jaxon e Summer. Kendra vai trabalhar com sua chefe e amiga Gabriele, enquanto tenta se estabilizar no novo país e em seu novo lar. O que ela não imaginava é que essas não seriam as únicas mudanças na sua vida. Aos poucos seu coração vai abrindo espaço para os filhos de Kyle, assim como uma amizade com ele. Mas, ao mesmo tempo em que viverá bons momentos ao lado dessa família, terá que enfrentar seus próprios medos diante de um passado que ainda ronda sua mente, e lidar com os problemas familiares das crianças, com a partida da mãe. 

"Ele voltou a esfregar os olhos para se assegurar de que estavam secos e, em seguida, cruzou os braços sobre o peito. Protegendo o coração dos monstros que viviam nos diferentes tons da noite." (p. 181)

Amei o livro, porém tenho algumas ressalvas. A narrativa em primeira pessoa permitiu entender melhor Krenda, e acompanhar seus sentimentos. A escrita da autora é singular, e coloca todos os sentimentos da personagem para fora, sem restrições. Apesar de ser extremamente fluída e gostoso de acompanhar sua narrativa, o que me incomodou um pouco é que a autora nunca ia direto ao ponto, mas descrevia e enrolava cada cena minuciosamente, até chegar onde queria. E acho que isso tornou, a meu ver, a personagem dramática demais. Mas de forma alguma posso dizer que Krenda não me conquistou. Ela é uma protagonista forte e decidida e que tem traumas do passado, que podem ser vividos por qualquer um. E se na maior parte do livro, eu achei ela um tanto exagerada, perto do desfecho consegui compreendê-la.

Mas o livro valeu muito a pena por todos os aspectos positivos. Primeiramente, a protagonista é negra, o que raramente vemos na literatura atual, ao menos que seja um livro histórico relacionado a escravidão. Outro ponto são os traumas da personagem, que não são revelados de imediato, rendendo certo mistério na trama. A maneira com que ela começa a se relacionar com as crianças também me agradou, acelerando meu ritmo na leitura. Ao ler a sinopse, pode-se pensar que é uma história previsível, mas fiquei surpresa com o desenrolar dos acontecimentos, com novos personagens que vão surgindo, e o desfecho nem foi o que eu estava imaginando. Confesso que até preferia que fosse de outra maneira. 

Além de tudo isso, a autora aborda questões sociais e problemas polêmicos hoje, vividos pela sociedade feminina. Não vou me estender muito nessa parte, para não soltar algo que faça perder a graça se alguém decidir realizar a leitura. Mas o ponto alto do livro são os dramas vividos pela protagonista, e todo seu amadurecimento e coragem para encarrar seus medos e aflições. 

Sobre os personagens, o leitor com certeza se deixará conquistar por Jaxon e Summer, assim como esses conquistaram facilmente Krenda e a mim. Quanto a Kyle, foi me cativando aos pouquinhos, e torci muito para ele superar a separação com a mulher e se concentrar na criação dos filhos. Krenda, por sua vez, apareceu no momento ideal, e foi o suporte para eles. É, eu sei o que você está pensando sobre o final do livro! Terá que ler para ter certeza!! rs


"A esperança só é útil se fizermos alguma coisa com ela. Ficarmos de braços cruzados, a esperar que algo dê certo, e esperarmos que algo dê certo enquanto fazemos tudo ao nosso alcance para nos assegurarmos de que isso acontece são duas coisas completamente distintas." (p. 389)

A diagramação da editora, como sempre, está ótima. As folhas são amareladas, fonte em tamanho ideal, revisão também impecável. Achei a capa muito bonita, mas amei a versão estrangeira também. O título se refere ao fato da personagem gostar de comer marshmallow pela manhã. 

Marshmallow é um livro que poderia ter sido ainda melhor, se não fosse o fato da autora se estender tanto em algumas passagens (em minha opinião), mas conseguiu me ganhar pela carga emocional e superação presentes tão fortemente no livro. Acredito que vale a pena dar uma chance a obra, pois é uma história encantadora.






31 comentários:

  1. oie Leticia
    tudo bom?

    Não conhecia esse livro ainda. Mas a capa é uma fofura !
    Adorei o fato da protagonista ser negra, e a autora conseguir abordar questões sociais e problemas polêmicos hoje, vividos pela sociedade feminina.
    Uma pena que ela enrola um pouco, eu já peguei alguns livros assim, você fica na expectativa de chegar ao ponto.
    Obrigada pela dica!

    =)

    bjoks

    ResponderExcluir
  2. Sério que as pessoas disseram não ler por conta da capa?! Eu achei a capa fofa! Vai ver que é porque amo café! Rsrs..
    O nome do livro é meio estranho mesmo e não vi muito sentindo lendo sua premissa.
    Mas achei a história bem bacana tanto da personagem quanto do cara que alugou um quarto para ela. Ambos já tinham uma bagagem no passado e podiam dar experiência um para o outro. E a postura que ela assumiu com as crianças também!
    Adoro personagens maduros quando se trata de romance pois acho que não fica algo tão clichê.
    Um abraço
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  3. Engraçado, eu achei o título legal. Vai entender né? kkk Gostei também da protagonista ser negra, a história parece ser muito envolvente.
    Ótima resenha
    Beijos

    Beto

    blogcoisastriviais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oiii,
    Olha adorei sua resenha. Muito fofa, adorei mesmo. Parabéns pelo trabalho, infelizmente eu não me atrai muito pelo livro, deixo está passar mas parabéns novamente.

    Beijos
    Booksandcarpediem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Leticia!
    Alguns dias atrás, eu li algumas resenhas positivas sobre essa trama, e gostei muito do que encontrei em cada uma delas. A história deve ser muito envolvente, e levar o leitor a reflexão sobre as questões sociais e problemas relacionada a mulheres. Gostei, parabéns!
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  6. Gostei tanto da premissa e da sua resenha que já fui correndo colocar o livro nos desejados <3 Principalmente você ter citado sobre a abordagem de assuntos polêmicos da atualidade. Essa é a palavrinha mágica para mim, hahaha, polêmica!!
    Sua resenha ficou lindíssima.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oie, tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro, mas adorei a premissa dele. Realmente, acho que se eu visse essa capa e não tivesse lido a sua resenha, eu não iria me interessar pelo livro. Mas fiquei bastante instigada com ele, pelo o seu ponto de vista. Eu gosto muito da Primavera Editorial, tenho parceria com eles, e digo com enfase, eles são os melhores entre as minhas editoras parceiras. Os livros são ótima qualidade e sempre me surpreendo positivamente com as leituras, fora o profissionalismo que somos tratados. Vou solicitar esse para a leitura.

    Oie, tudo bem?
    Ahhh fiz no blog essa tag também! Bom, na verdade foi a Van que fez rsrsrs A Nu arrasou na montagem dela. Ahhhh eu também amo "Esqueceram de mim", esse é um clássico que eu não cando de ver. Adorei suas respostas!

    Beijos,
    Dai | Blog Cheiro de Livro Nacional

    ResponderExcluir
  8. Sempre vejo pessoas perguntando sobre livros com protagonistas negros, bom saber desse, já é uma indicação. Eu não sou muito fã de narrativas em terceira pessoa, a gente fica sabendo só a visão de um único ponto, prefiro 3ª, pois acho que torna a experiência mais ampla. O fato de algumas descrições serem longas também me incomoda um pouco. Mas teria que ler pra tirar minhas próprias conclusões. Gostei do título, mas não gosto de marshmallows... argh! (rs).

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  9. Olá, Letícia.
    Confesso que o livro não é muito meu estilo, tanto que acabei não lendo a obra. Contudo, imagino que seja uma boa leitura para quem goste do gênero. Apesar das pequenas ressalvas, acredito que a protagonista forte acabará gerando uma ótima leitura.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de dezembro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir
  10. Oi!!!
    A capa é uma fofura e dá vontade de tomar aquele café gostoso na sua cafeteria preferida. Confesso que não conhecia o livros e fiquei curiosa para conhecer mais deste história que pela resenha me parecei linda e com uma carga emocional bem forte. Os temas abordados são que muitos enfartam na vida e que sempre temos algo a aprender. Parabéns pela resenha.

    Beijos Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  11. Amiga confesso que de inicio o livro não tinha chamado muita minha atenção, mas depois que comecei a ler a sua resenha eu comecei a gostar e fiquei surpresa de saber que a personagem é negra, porque como tu disse ,só vemos estórias de personagens assim em livros de histórias sobre a escravidão e outros temas. Enfim...achei interessante isso e também com o andamento da trama. Eu acho que pegaria para ler sim, mas provavelmente eu acho que vou ver se consigo em ebook, porque ai sim vou ter o maior prazer de conhecer essa obra. Você se expressou muito bem e sempre isso é que me convence na sua resenha rs
    Mas vou tentar ler sim, até porque é bom a gente dar uma mudada nas leituras que estamos acostumadas né? =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/12/resenha-o-enigma-da-estrela.html

    ResponderExcluir
  12. Nossa, imagino tantas capas fofas que podem ser feitas para esse livro. Está parecendo livro de receitas kkkk Eu assisti faz tempo um filme que tinha uma história parecida. Um homem e uma mulher, só que ambos tem filhos, alugam uma mesma casa de férias. Não me lembro o nome. Acho esse tipo de história gostosinha de acompanhar. Realmente, eu não imaginaria o bom conteúdo pela péssima capa. Que bom que li sua resenha :)
    -Mari

    ResponderExcluir
  13. Não bastando o título e capa não me interessarem tanto (a razão do título não foi tão relevante para mim), também não simpatizei muito com a premissa, pois é de gênero que não costumo ler muito. Mas com as suas imagens pelo visto a edição da editora é bem linda né? Nem conhecia a editora! Ah e nunca me dou muito bem com personagens dramáticos :/

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Leh parabéns pela resenha, vendo a capa e o título confesso que não me interessaria. Mas depois de ver suas impressões ele me conquistou, o fato de Kendra ser negra é algo bem dificil mesmo no universo literário e gosto quando o livro diversifica os personagens, outra coisa que gostei foi o segredo que cerca a personagem, mesmo a autora sendo prolixa em algumas partes, tenho vontade de conhecer esse livro.
    Bjkas

    ResponderExcluir
  15. Oiee!!
    Haa eu gostei da capa e do nome ><
    Gostei da premissa, mesmo com sua ressalva em relação a escrita da autora, que deixou a personagem principal dramática demais, acho que vou arriscar!!
    Você mesmo já disse que vale a pena então fiquei empolgada!!
    Não conhecia a editora vou correndo pesquisar!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  16. Oiee ^^
    Quando vi o número de páginas imaginei que o livro era um pouco enrolado, então tentei não criar expectativas antecipadas *-* É uma pena, mas, como você disse que vale a pena, vou arriscar. Quem sabe, né? Você ter dito que a carga emocional é grande me deixou animada para ler. Adoro livros assim ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá Leticia!
    Realmente nem a capa nem o nome chamam atenção, mas pelo visto vale a pena ler e parece ser muito intenso cheio de lições. Adorei sua resenha!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
  18. Quando eu vi a capa do livro eu fiquei sem saber se eu gostava ou se não gostava. Tipo, ela não é feia mas eu acho que poderia ser melhor - não sei se outra cor ou uma melhor disposição das letras no espaço, sei lá. Mesmo assim, fiquei curiosa e querendo saber mais sobre o livro.
    Acho que a única coisa que me deixou meio em dúvida se leio ou não foi o fato da autora não ir direto ao ponto. Isso provavelmente me irritaria muito na história. Mas saber que o final te surpreendeu me deixa com curiosidade de saber como e de conhecer essa história.
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Adorei a capa do livro e a diagramação, sua resenha também é ótima, mas esse não é um gênero que leria. Porém, mudei de ideia quando vi que assuntos polêmicos são tratados. Então, tratando-se de um romance com polêmicas femininas, será que devo ler?
    Beijos
    http://www.vivendonoinfinito.com/

    ResponderExcluir
  20. Oi! Eu nunca entendi porque essa capa é assim rsrs
    Ela não parece ter muito a ver com a história. Achei interessante você pontuar que às vezes parece que a autora vai enrolando e deixando a personagem muito dramática, mas no fim entendeu o motivo (foi isso né?! kkk). Isso é legal... porque às vezes algumas pessoas se irritam com o que ta acontecendo e não terminam a história, se privando de entenderem melhor. Ótima resenha.

    bjos - Sonhos em Tinta

    ResponderExcluir
  21. É uma pena esse excesso que a autora inseriu em sua história, pois sinceramente, é algo que não gosto, pois deixa a leitura lenta, o que acaba fazendo com que eu desista muitas vezes, acho que é preciso ter um equilibrio, nem tão vago, nem tão descritivo, mas na medida para o leitor se sentir curioso e ler mais. Bem, tirando esse ponto, o enredo tem elementos legais e a história é interessante, sinceramente, gostei da capa e do título, não sei se leria, mas quem sabe um dia.

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir
  22. Nossatem tempo que não passo nesse blog. Me deu saudades...já vi várias resenhas desse livro e muitos disseram as mesmas coisas que você. Que a autora se estende muito em partes não tão importante. Mas quero ele mesmo assim, até porque eu adoro Marshmallows. kkkk
    Bjss

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Ola Le eu sou uma das que ficaram curiosa com esse livro, gostei da premissa, e lendo sua resenha acredito que vou gostar da leitura, o que pode me incomodar é essa enrolação da autora, acredito não ser necessário. Vou dar uma chance ao livro . beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  24. Olá! Confesso que a capa não me agradou, mas nunca julgo o livro por sua capa. A premissa dele é boa. Gostei de saber que há mistérios na vida dos personagens, o que nos prende mais a trama. Achei interessante ser uma protagonista negra, realmente não vemos muito isso por ai...Enfim, acho que leria sim esse livro. Beijos!

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. A capa e o título desse livro tem tudo a ver com o título do seu blog. Um livro para se devorar!!!! (Brincadeirinha)
    Eu gosto dessa capa =) e lendo o primeiro parágrafo do seu texto, onde vc fala um pouco do enredo já fiquei curiosa e interessada. Vou correndo add a minha lista de desejos do skoob =) amei a dica!!!
    Adoro protagonistas fortes e decididas e torço para que ela supere seus traumas do passado e seja feliz. Realmente agora que vc falou, quase não temos protagonistas negras em nossos livros e é muito legal essa valorização. Amei saber que o livro é mais profundo do que aparenta, a cada linha da sua resenha fico mais curiosa. Parabéns pela ótima resenha!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  26. achei um ponto bem positivo o fato da personagem ser negra, já que - como vc citou - só os vemos em livros que abordam escravidão e afins... e também pelas questões sociais contidas no texto, mas a história em si não me atraiu...

    ResponderExcluir
  27. Olá... Lê, tudo bem???
    Bom não tenho costumes de ler livros dessa temática, na verdade eu não curto rs... mas gostei de saber da protagonista negra, porque realmente não temos protagonistas negros... não que seja ruim, mas deveria ter mais... poxa... amo essa cor que se difere da nossa e é tão charmosa... a premissa ficou legal, que bom que curtiu a leitura... Xero!!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Que capa de livro mais apetitosa, hehe...adorei o titulo Marshmallow!
    Nunca li nada da Primavera Editorial e gostei do que li aqui sobre a história.
    Vi que o livro tem pontos positivos, mas é uma pena que a autora nunca ia direto ao ponto, as vezes eu ate entendo a enrolação, mas qdo é mtooo assim na historia, me deixa é com raiva e eu começo a pular paragrafos
    Animei de conhecer Jaxon e Summer, hehe...
    No geral me interessei pelo livro, leria sim.
    Beijos

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  29. Oie, tudo bom?
    Eu lembro desse livro por causa do nome porque achei fofo. Gostei da premissa da história, apesar de imaginar o desfecho dele. Realmente temos pouquíssimas protagonistas negras na literatura e isso é uma pena. Gostei do livro e da indicação.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Oi Leticia, tudo bem?
    Não conhecia o livro e concordo com você sobre o título que com certeza não chamaria a minha atenção se encontrasse em uma livraria. Não curto muito quando o autor enrola tanto na escrita para chegar a determinado ponto, acho que isso torna a leitura cansativa. Mas que bom que a história valeu a pena para você, se tiver oportunidade com certeza irei dar uma conferida.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  31. Oi Leticia, tudo bem?

    Eu não conhecia o livro, mas eu achei a capa bonita e gostei também da premissa do livro. Se tem um livro chamado Melancia que faz sucesso então não vejo nada demais em um chamado Marshmallow rs. Quando terminar de ler O livro dos negros desta editora eu vou solicitar este.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!